Um golpe com uso de inteligência artificial e imagens de um vídeo antigo do empresário Luciano Hang levou a uma onda de clientes procurando a rede de lojas Havan, em todo o Brasil, em busca de uma promoção falsa. Nesta segunda-feira (4), a varejista catarinense publicou nota oficial esclarecendo tratar-se de uma fraude.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A propaganda falsa utiliza a voz do empresário e diz que, por “erro de sistema”, Hang está vendendo celulares que custam R$ 2,6 mil por pouco mais de 100 reais. A equipe de segurança digital da rede está atuando para derrubar os diversos perfis nas redes sociais que divulgam o anúncio fantasioso. O setor jurídico também já foi acionado para responsabilizar os criminosos.

Além dos clientes que procuram diretamente as lojas, muitos consumidores têm entrado em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) para relatar a publicidade enganosa.

A utilização da inteligência artificial para propaganda falsa e fake News é uma preocupação do setor de tecnologia – e as consequências podem ser bastante graves.

Continua depois da publicidade

No mês passado, as plataformas Google Brasil e Facebook Brasil foram obrigadass a tirar do ar propagandas falsas sobre o programa governamental Voa Brasil, que prevê venda de passagens mais baratas, mas que ainda não foi lançado oficialmente. A Secretaria Nacional do Consumidor identificou indícios de que o objetivo era aplicar golpe no consumidor por meio de “fraude bancária ou financeira”.

Leia mais:

Delegado da Lava Jato está por trás de “boom” nas investigações de crimes financeiros em SC

Após acordo, Porto de Itajaí volta a ter três navios “em fila” e movimentação simultânea

Governo revela que abriu mão de R$ 1,5 bi para não aumentar imposto em SC

Como jovens de classe média de Balneário Camboriú viraram bilionários da Faria Lima investigados pela PF

Quem é o britânico chefão do tráfico na Europa que vivia secretamente em Balneário Camboriú

Destaques do NSC Total