nsc
nsc

Meio ambiente

Prédio com floresta suspensa é o primeiro de SC a ter selo de projeto sustentável

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
17/01/2022 - 18h18 - Atualizada em: 18/01/2022 - 06h23
Prédio terá floresta suspensa em SC
Prédio terá floresta suspensa em SC (Foto: Reprodução)

A construção civil de SC levou a sério o conceito de “construção verde”. Um empreendimento recém-lançado na Praia de Perequê, em Porto Belo, anuncia uma floresta suspensa a 20 metros de altura, no sexto andar, que incluirá árvores e outras espécies nativas em meio à área lazer. O edifício Blue Forest, da construtora Phacz em parceria com a Consultoria Petinelli, tornou-se nesta segunda-feira (17) o primeiro no Estado a conquistar o selo gold de pré-certificação LEED - Leadership in Energy and Environmental Design (Liderança em Energia e Design Ambiental), da Green Building Council Brasil. 

Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

É o segundo edifício no Sul do país a receber o selo. A pré-certificação é concedida na fase de projeto. O selo oficial vem somente após a conclusão das obras, prevista para 2027. 

Considerado um “edifício verde”, o prédio foi projetado para oferecer um melhor conforto térmico natural e economia energética. O projeto inclui, por exemplo, aberturas dimensionadas para que a luz e a ventilação natural nos ambientes reduzam o uso de ar-condicionado.

Balneário Camboriú tem "disputa" de Cristiano Ronaldo e xeiques árabes por cobertura de R$ 50 milhões

Vários andares da construçao terão jardins suspensos, além da floresta na área comum. A manutenção das áreas verdes será totalmente automatizada, com irrigação das floreiras e controle de distribuição da água da chuva. As tecnologias sustentáveis empregadas no projeto incluem redução do consumo de água em 28% e de energia em 35%.

Maior prédio da América do Sul em Balneário Camboriú ganha revestimento de iate de luxo

Pré-certificação foi entregue nesta segunda-feira
Pré-certificação foi entregue nesta segunda-feira
(Foto: )

Paulo Henrique Zanon, head de projetos na Phaz Empreendimentos, avalia a tendência:

- Hoje as pessoas estão mais preocupadas com o futuro, meio ambiente e qualidade de vida. Para que a arquitetura atual possa seguir em alinhamento com essa demanda, conforto, bem-estar, eficiência e sustentabilidade se tornaram os novos sinônimos para empreendimentos modernos e contemporâneos.

Balneário Camboriú terá disputa de arranha-céus pelo título de maior da América do Sul em 2022

A sustentabilidade foi uma das principais tendencias de comportamento dos consumidores do mercado imobiliário apontada recentemente em pesquisa da Brain Inteligência Estratégica - 80% dos entrevistados apontaram meio ambiente como prioridade.

A torre do Blue Forest terá mais de 100 metros de altura, divididos em 29 pavimentos. São 44 apartamentos, sendo dois por andar, de alto padrão. O valor dos apartamentos não foi divulgado.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia mais

Caravelas-portuguesas invadem Litoral Norte de SC; espécie é mais perigosa que água-viva

Quanto custa alugar um apartamento de luxo em Balneário Camboriú no verão

Efeitos colaterais da terceira dose da Pfizer; veja reações mais relatadas

Por que o alargamento da praia em Balneário Camboriú atraiu tubarões

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas