nsc
nsc

Meio ambiente

Vereador nada em rio poluído em protesto contra falta de saneamento em Bombinhas; vídeo

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
05/01/2022 - 14h43
Vareador fez protesto contra atraso em instalação da rede de esgoto
Vareador fez protesto contra atraso em instalação da rede de esgoto (Foto: Reprodução, Instagram)

O vereador Atila Oliveira, de Bombinhas, conhecido como Boca (PL), encontrou uma maneira inusitada para protestar contra o atraso no programa de saneamento da cidade. Ele entrou vestido no poluído Rio da Barra, gravou a “manifestação” e publicou nas redes sociais.

Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

O “protesto” ocorreu na segunda-feira (2). O vereador disse que inicialmente pretendia mergulhar de cabeça, mas achou melhor evitar. Na gravação, ele diz que a poluição é a responsável por casos de virose gastrointestinal que têm aparecido em Bombinhas no verão. Depois que saiu da água, o parlamentar diz que tomou um banho com vinagre.  

O Rio da Barra recebe o esgoto tratado de uma estação provisória, e possui ligações clandestinas. Desemboca no canto da Praia de Bombas, em local impróprio para banho. Desde janeiro do ano passado, esse ponto só esteve próprio para banhistas em quatro das 25 análises de balneabilidade feitas pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA) – a última vez foi em setembro.

Balneário Camboriú tem explosão de casos de síndrome respiratória após Réveillon

Boca disse à coluna que seu protesto pretendia chamar atenção ao adiamento de prazos para que a concessionária Águas de Bombinhas implante a rede de esgoto na cidade, assunto que já foi denunciado por outros vereadores de oposição, como Isabela Camile (PSDB). De acordo com o contrato original, mais de 90% da rede deveria estar pronta até 2021 – mas os termos foram alterados em setembro, com aprovação do Legislativo.

Em nota, a empresa Águas de Bombinhas informou que a licença ambiental para instalação do sistema de esgoto foi liberada em novembro de 2021 mas as obras foram suspensas na temporada de verão. A concessionária diz que vai investir R$ 180 milhões na rede de esgoto até 2026. “O Rio da Barra será o corpo receptor dos efluentes tratados de Bombinhas. Até que o sistema seja completamente implantado é fundamental que a população faça uso de fossa filtro, como ocorre em todo o país", diz a empresa.

Os bastidores da partida às pressas de Bolsonaro de SC

Sobre o despejo do esgoto tratado atualmente no rio, a Águas de Bombinhas informou que a quantidade corresponde a 18% do esgoto da cidade, e diz que “cumpre a eficiência do efluente tratado que é lançado no Rio da Barra".

Bombinhas é a única cidade de Santa Catarina a cobrar Taxa de Preservação Ambiental (TPA).

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia mais

Prefeitos avaliam negociar vacinas para crianças com a Pfizer

Caravelas-portuguesas invadem Litoral Norte de SC; espécie é mais perigosa que água-viva

Quanto custa alugar um apartamento de luxo em Balneário Camboriú no verão

Efeitos colaterais da terceira dose da Pfizer; veja reações mais relatadas

Por que o alargamento da praia em Balneário Camboriú atraiu tubarões

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas