nsc
nsc

ELEIÇÕES 2022

No Sul, Carlos Moisés fala em sonhos; entre eles, o da reeleição

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
27/08/2021 - 05h20 - Atualizada em: 27/08/2021 - 06h02
Entre a entrega de uma e outra verba, Moisés voltou a falar em busca da reeleição
Entre a entrega de uma e outra verba, Moisés voltou a falar em busca da reeleição (Foto: Júlio Cavalheiro / Secom)

A maratona do governador Carlos Moisés pelo Sul catarinense continua. Nesta quinta-feira (26) o roteiro envolveu a distribuição de mais de R$ 100 milhões em verbas para os mais diversos investimentos em Araranguá, Criciúma e Içara. E ele relacionou alguns sonhos: construir ferrovias, ampliar rodovias, entregar túneis, pontes e conquistar um novo mandato.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

- Eu gosto dessa missão - reconheceu. - Eu tenho convicção de que o que estamos fazendo não tem precedentes, e se tivermos mais tempo, esse impacto de gestão será maior ainda, e o nosso estado nunca mais será o mesmo - apontou. Uma fala no sentido semelhante ao colocado na véspera, em Praia Grande, no extremo Sul.

- Tenho muita vontade de continuar sim, mas eu dependo da vontade popular, de conjunturas políticas, da minha saúde, do meu time de governo. Mas eu só vou falar de política a partir de 2022 - despistou Moisés, que segue sem filiação. Ele precisa se abrigar em um partido nos próximos meses, e não demonstra sinais de ter pressa para isso. 

- Quando completamos 100 dias de governo, eu falei 'quem viver, verá', e eu tenho o mesmo sentimento, a mesma energia, parece que eu tenho até mais vontade agora, pois a gente percebeu que o nosso jeito deu certo, o nosso jeito é o melhor jeito de governar o Estado - sentenciou o governador.

Moisés durante entrevista coletiva na noite desta quinta, em Criciúma
Moisés durante entrevista coletiva na noite desta quinta, em Criciúma
(Foto: )

Moisés reconheceu que leu logo cedo, nesta quinta, as manchetes (entre as quais a daqui da coluna) que apontavam para a característica também política, em clima de campanha eleitoral, da agenda que ele cumpre no Sul nesses dias. - Tenho brincado que a gente precisa de mais tempo para trabalhar, daí já saiu que eu estou em campanha. Mas a gente teve uma pandemia, dois afastamentos injustos, dois erros contra a nossa gestão. Agora estamos trabalhando e olhando para a frente, esquecendo o passado - comentou.

Um dos fatores que o governador aponta como de sucesso para a sua gestão, além do ajuste das contas públicas que vem permitindo os investimentos, é o municipalismo. - Diziam que não iríamos pagar a folha em dia. Não só pagamos como estamos reajustando salários de servidores. Modificamos a gestão da saúde, estamos investindo como nunca em infraestrutura - refletiu Moisés. 

> SC confirma mais 20 casos da variante Delta, e total chega a 63

"Sonho de gestão"

Sem determinar prazos, mas deixando a entender que são focos para um eventual segundo mandato, Carlos Moisés diz estar "pensando em coisas inimagináveis para Santa Catarina". - Queremos investir em ferrovias, para melhorar o escoamento das nossas produções. Queremos fazer uma rodovia paralela à BR-101, que sirva de corredor logístico e de turismo, para fazer com que flua uma alternativa à BR-101 que não tem mais solução, ela já foi duplicada e já está subestimada. Não há o que fazer - advertiu.

Moisés apontou, ainda, seu desejo de "construir muitas pontes, muitos túneis e fazer com que Santa Catarina se conecte ao resto do Brasil. - Temos a meta de fortalecer nossos portos, nossos aeroportos, é um sonho de gestão - comentou. - É justo que a gente sonhe em continuar fazendo esse esforço pelos catarinenses - completou, dando a senha de que já está, sim, de olho na eleição de outubro de 2022. - Mas esses movimentos me lembram que temos quase dois anos de governo ainda - ponderou.

Governador citou sonhos futuros de investimentos para SC
Governador citou sonhos futuros de investimentos para SC
(Foto: )

> Filha de soldado baleado no assalto ao Banco do Brasil tem sonho realizado

O governador tem sido prestigiado politicamente no seu roteiro pelo Sul. Os deputados José Milton Scheffer (PP, é da região, líder do governo na Alesc), Ana Paula da Silva, a Paulinha (ex-PDT, sem partido e ex-líder do governo), Rodrigo Minotto (PDT), Júlio Garcia (PSD), Volnei Weber (MDB) e Tiago Frigo (PSL) estão acompanhando. Nesta sexta-feira (27) Moisés vai a Grão Pará e Tubarão anunciar mais investimentos.

Leia também:

> Prefeito será investigado por preconceito ao demitir professor

> Praia Grande anuncia investimento para ampliar segurança em voos de balão

> Eduardo Moreira pede união do MDB depois das prévias

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas