A fábrica da BMW em Araquari, no Nordeste de Santa Catarina, que está completando oito anos de atividades em 2023, vai iniciar neste mês de abril a produção do SUV X1, o segundo veículo mais vendido pela marca no Brasil. A informação é da nova presidente e CEO do grupo no país, Maru Escobedo.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A empresa deve fazer um evento na unidade este mês para marcar essa nova fase. Em encontro com a imprensa na última terça-feira, em São Paulo, Maru Escobedo disse estar feliz pelo desempenho da unidade, que produz também o sedan BMW Série 3, automóvel premium mais vendido no Brasil. No ano passado, foram emplacadas mais de 5 mil unidades.

– Somos líderes no segmento premium pelo quarto ano consecutivo. Isso é muto bom e temos que manter. Temos 44% de market share – destacou a executiva.

O novo SUV X1 que será feito em SC, na versão à combustão, se diferencia pela tecnologia, conectividade e conforto. O lançamento foi realizado em fevereiro no Brasil com a vinda de lote importado de 700 unidades vindas da Alemanha.

Continua depois da publicidade

Na última semana, a companhia apresentou os modelos do SUV para a imprensa especializada nacional, com a realização de test drive no Japy Golf Resort, no município de Gabreúva, na Grande São Paulo. A convite da empresa, a coluna acompanhou o evento.

Entre os destaques do novo veículo estão maior oferta de tecnologias com digitalização e a possibilidade de personalização do veículo de acordo com a preferência do cliente. Estão disponíveis no mercado três versões do modelo com preços de R$ 296.950 (de entrada), R$ 328.950 e R$ 349.950.

Segundo a companhia, o X1 é o SUV premium mais vendido no Brasil há seis anos. Por enquanto, a companhia produz em Santa Catarina somente as versões à combustão. Os elétricos vendidos no Brasil são importados. A oferta de eletrificados inclui os modelos BMW iX , iX3 e o i4. O grupo atua no Brasil também com a marca Mini.

Leia também

Celesc registra lucro de R$ 540,6 milhões e investe 72% mais em 2022

Duas empresas de SC estão entre as 25 melhores de tecnologia para mulher trabalhar

Em tempos da moda no topo das fortunas, marca de luxo abre loja em Florianópolis

Novo arcabouço fiscal é bem recebido, mas requer aumento de receita

Destaques do NSC Total