Santa Catarina conta com atuação de algumas empresas gigantes globais, que individualmente têm forte impacto na geração de empregos e riqueza no Estado. Uma delas é o Grupo JBS, líder mundial em proteína animal, dono da Seara e de outros negócios locais. Estudo apurou que em 2020, ele gerava 125 mil empregos diretos, indiretos e induzidos, e respondia por 2,08% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual, somando R$ 7,2 bilhões.  

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O levantamento foi realizado pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) por meio do Núcleo de Economia Regional e Urbana da Universidade de São Paulo (Nereus). O objetivo foi medir a importância socioeconômica das atividades relacionadas ao grupo no Brasil.

Segundo as análises do Núcleo da Fipe, em 2020 os 125 mil empregos representavam 3,3% do total de vagas formais em Santa Catarina. O PIB de 2021 ainda não saiu, mas os empregos formais sim, e somaram 156.777 colaboradores, 25% mais que no ano anterior.

Mas o número é ainda maior porque o grupo seguiu investindo em 2022 e 2023, com a unidade de biodiesel em Mafra e a de carne cultivada em Florianópolis.  

Continua depois da publicidade

A JBS está presente com unidades fabris em 11 municípios catarinenses, baseados em todas as regiões do Estado. Tem produção e processamento de proteínas de aves, suínos e faz alimentos preparados.

Estão nessa lista os municípios de Forquilhinha, Ipumirim, Itaiópolis, Itajaí, Itapiranga, Lages, Nova Veneza, Salto Veloso, São José, São Miguel do Oeste e Seara. No Brasil, o impacto médio do grupo nos estados onde atua é de 1,79% na geração de riqueza (PIB) e de 2,48% no total de empregos.

– O desempenho em Santa Catarina, acima da média nacional, se explica pela importância da produção de proteína na economia do estado e pela relevância do estado para a JBS – explicou Fernando Meller, diretor de Recursos Humanos da JBS Brasil, no comunicado divulgado à imprensa.

O estudo foi com dados de 2020 porque o último PIB dos estados é desse ano. Mas uma projeção sobre 2021 apontou que o impacto do Grupo JBS no PIB de SC chegou a 2,10% e os empregos responderam por 2,73% do total. Foram analisados dados de 130 municípios brasileiros onde a companhia tem unidades.

Continua depois da publicidade

 – Para nós, que como empresa completamos 70 anos agora em 2023, esse estudo é de extrema importância, pela evidência que ele apresenta de como a indústria de alimentos é positiva para o país. Gera muitos empregos diretos e indiretos, além de ter uma cadeia longa de fornecedores e clientes, estimulando uma grande porção da economia. Com muita satisfação nós vemos nossas contribuições para o estado – comentou o CEO Global do grupo, Gilberto Tomazoni, que é catarinense.

Contratado pelo Grupo JBS, o estudo foi coordenado por Eduardo Amaral Haddad e Carlos Roberto Azzoni e realizado durante 2022. Também integraram a equipe de pesquisadores da Fipe Ademir Rocha, André Squarize Chagas, Fernando Salgueiro Perobelli, Inácio Fernandes de Araújo, Leonardo Merlini e Pedro Acioly.

Segundo os pesquisadores, o estudo considerou primeiro o efeito inicial, das unidades da empresa, o efeito direto com fornecedores de insumos, o efeito indireto pelo impacto ao longo da cadeia produtiva e o efeito renda, pela indução da atividade econômica.

Eles apuraram que os impactos positivos não se limitam aos municípios onde estão as unidades, mas avançam na região em função dos empregos e salários.

Continua depois da publicidade

Leia também

Apesar de a Tupy ser indústria de ‘ferro’, nomeações do BNDES agitaram as redes

“Nossa linha de produção nos EUA tem quase um quilômetro”, diz CEO da Portobello Grupo

Startup Summit tem público de 38 mil pessoas, com avanço maior no presencial

“Donos de grandes capitais podem criar fundo de venture aqui”, diz empresário do Vale do Silício

Founder Haus é lançada em Jurerê in_ para incluir o bairro no setor de inovação global

Relatório do Sebrae mostra crescimento acelerado no número de startups em SC

SC e Canadá criam parceria inédita para levar empresas catarinenses ao país

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Destaques do NSC Total