Comitiva da empresa chinesa TP-Link, uma das líderes mundiais do setor de tecnologias para conexão de internet sem fio e outros serviços, foi recebida na tarde desta quinta-feira pelo governo de Santa Catarina. O governador Jorginho Mello assinou protocolo de intenções com o vice-presidente da empresa, Ruihong Bai, para a realização de importações e logística de distribuição via SC.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

O acordo para trazer esses negócios para Santa Catarina está sendo articulado há meses pela Invest SC, braço de atração de investimentos do Estado junto à Secretaria de Estado da Fazenda. A informação da reunião foi divulgada no fim do dia, depois de encerrada, pela assessoria de imprensa do governo.

– É um esforço do governo para que a gente consiga atrair investimentos para Santa Catarina, para gerar renda, tributos e emprego. É uma empresa exemplo no que produz e tem envergadura para estar no nosso estado – comentou o governador.

– Para nós, foi um motivo de orgulho a TP-Link ter vindo a Santa Catarina conhecer os nossos diferenciais. É até natural que ela venha para Santa Catarina que é um estado inovador, um estado que é ágil e que tem tecnologia para eles entenderem que aqui pode ser um lugar interessante para eles trazerem essas atividades – disse o diretor-presidente da SCPar, Renato Lacerda.

O vice-presidente da companhia chinesa, Ruihong Bai, agradeceu as atenções e atendimento recebidos de executivos do governo catarinense.  

Continua depois da publicidade

Governador Jorginho Mello mostra protocolo de intenções assinado com o empresário chinês Ruihong Bai (Foto: Roberto Zacarias, Secom)

Fundada em 1996, a TP-Link tem 44 fábricas de produtos para redes de internet como roteadores, adaptadores, câmeras, switches e outros. Atualmente, ela marca presença no mercado brasileiro com distribuição via São Paulo. No mundo, fornece para 170 países, detém 50% do mercado europeu e 35% do mercado dos Estados Unidos nas áreas em que atua.

A maioria dos secretários da área econômica do governo participou da reunião com executivos chineses. Estiveram os secretários da Estado da Fazenda, Cleverson Siewert; da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcelo Fett; de Portos, Aeroportos e Ferrovias, Beto Martins; da Administração, Vânio Boing; do Planejamento, Edgard Usuy; da Articulação Internacional, Juliano Froehner; do Meio Ambiente e Economia Verde, Ricardo Guidi; e da Indústria, Comércio e Serviços, Silvio Dreveck.

Leia também

BRDE amplia em 73% o volume de empréstimos para empresas de SC

Programa oferece bolsas de até R$ 8,4 mil para pesquisadores em indústrias

Governo de SC inicia programa de renegociação de dívidas tributárias

Vinda de turistas para SC supera projeções, informa secretário

Destaques do NSC Total