Empresários e executivos que atuam com comércio exterior ou que pretendem passar a fazer negócios internacionais podem participar a 10ª edição do Meeting Comex, maior evento sobre comércio exterior do Sul do país, que será realizado na Expoville, em Joinville, nos dias 11 e 12 de abril. A realização é da Associação Empresarial de Joinville (Acij) que priorizou temas do momento e palestrantes de nome nacional.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do NSC Total pelo WhatsApp

O conteúdo sobre comércio exterior será técnico, de acordo com as principais demandas do momento, explica Carla Pinheiro, da comissão organizadora. Além disso, o público contará com dois dias de evento (antes era um dia) e mais palestras sobre gestão. Estão confirmados Marcos Piangers, Murilo Gun e Alexandre Borges que falarão sobre inovação, criatividade e outros temas.

— Pelo sucesso de público e conteúdo em todas suas edições, o Meeting Comex da Acij já se consolidou como o principal evento de comércio exterior de toda a Região Sul do Brasil. Isso nos enche de orgulho e aumenta a nossa responsabilidade de oferecer uma programação cada vez mais relevante, diversificada e que agregue valor aos participantes — afirmou a presidente da Acij, Maria Regina Loyola Alves.

Os conteúdos são tanto para empresas que já estão atuando com comércio exterior, quanto para quem está dando o pontapé inicial, querendo buscar negócios internacionais, explica Carla Pinheiro. Segundo ela, diversas empresas começaram a fazer negócios internacionais depois de participar do evento.

Continua depois da publicidade

— O Meeting Comex sempre buscou temas diversificados para atender todas as pessoas que atuam na cadeia logística internacional, nas áreas de tecnologia, logística, importação, exportação e câmbio — explica a empresária.

Para este ano, o conteúdo técnico vai priorizar informações sobre as maiores demandas do setor nos últimos anos, com destaque para logística, tecnologia, exportações e processos regulatórios.

Após a série de obstáculos impostos pela guerra na Ucrânia ano passado, o setor espera cenário um pouco melhor lá fora, para fazer negócios.

— O mercado europeu ainda está um pouco complexo para negociações, mas a expectativa  este ano é boa. A gente percebe o mercado se aquecendo cada vez mais. Não estou falando só do agronegócio, que é destaque do Brasil. Mas temos muitas empresas evoluindo na parte de tecnologia, indústrias estão exportando mais tecnológicos, com valor agregado maior — argumenta ela.

Continua depois da publicidade

A maioria do público esperado é de Santa Catarina, mas muitos vêm dos estados vizinhos, como Paraná e Rio Grande do Sul, além da região Sudeste e até de Brasília. As inscrições podem ser feitas no site do evento, o meetingcomex.com.br.

Leia também

Taxa de desemprego de mulheres em SC é 44% maior que dos homens

Santa Catarina concede licenças para investimentos de quase R$ 2 bilhões

Jorginho Mello adere ao grupo dos que criticam os altos juros no Brasil

Primeiro WTC Woman do mundo é lançado no Brasil por empresárias de SC

Mulheres são 44% em SC na carreira que controla números

Destaques do NSC Total