nsc
nsc

Infraestrutura

Moisés oferece mais R$ 100 milhões à BR-470 para solucionar impasse com DNIT

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
17/08/2021 - 12h57 - Atualizada em: 17/08/2021 - 13h53
Jorginho Mello (em pé) e Moisés (D) participaram de audiência com o ministro da Infraestrutura
Jorginho Mello (em pé) e Moisés (D) participaram de audiência com o ministro da Infraestrutura (Foto: Roque de Sá, Divulgação)

O governador Carlos Moisés (sem partido) ofereceu mais R$ 100 milhões ao governo federal para investimento na duplicação da BR-470. No total, o Estado aportaria R$ 300 milhões do orçamento de 2021 na rodovia do Vale do Itajaí. A oferta foi feita na tarde desta terça-feira (17) ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, durante audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado. Moisés impôs a condição de que o convênio seja assinado ainda em agosto.

O valor extra põe fim ao impasse com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) sobre para onde o dinheiro estadual deve ser direcionado. Tarcísio respondeu que "está fechado, isso aí está resolvido". Alguns dos presentes pediram que o ministro afirmasse textualmente o encaminhamento.

— A gente já pode fazer o convênio, entendendo que a Assembleia aprovará — concordou, sob aplausos.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

O governo do Estado defendia que os R$ 200 milhões já aprovados pela Assembleia Legislativa (Alesc) fossem 100% investidos nos lotes 1 e 2, enquanto o DNIT queria distribui-los nos quatro lotes, até Indaial. O pano de fundo da discussão tem componentes eleitorais, com o senador Jorginho Mello (PL) e Moisés em trincheiras opostas, antecipando um provável embate em 2022.

O movimento de Moisés nesta terça, que precisa ser aprovado pela Alesc, mantém o proposto inicialmente e ainda atende ao desejo do governo federal. Também já estão previstos R$ 100 milhões para a BR-163, no Oeste, e R$ 50 milhões para a BR-280.

Uma comitiva de Santa Catarina participou presencialmente, incluindo Moisés, o presidente da Assembleia Legislativa, Mauro de Nadal (MDB), deputados federais e estaduais catarinenses. Entidades empresariais e convidados participaram online e pressionaram o ministro a aceitar o dinheiro de Santa Catarina para os lotes 1 e 2.

— Gostaríamos que a iniciativa de Santa Catarina, senhor ministro, fosse respeitada — disse o consultor do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Rio do Sul, Cléber Stassun.

Tarcísio fez uma apresentação sobre a duplicação da BR-470 e sinalizou que questões técnicas impedem o investimento de todo o dinheiro de imediato. "Solos moles" nos lotes 1 e 2 reduziriam a capacidade das empreiteiras de investir um grande volume de recursos ainda em 2021. Ele disse que os lotes de Navegantes até o limite de Gaspar com Blumenau ficam prontos no primeiro semestre de 2022.

Aeroporto e BR-282

Além dos R$ 350 milhões para as BRs 470, 163 e 280, foi debatida a construção de terceiras faixas na BR-282, entre Lages e Florianópolis, a concessão do Aeroporto de Navegantes sem uma nova pista, e obras em outros estados. Tarcísio aceitou receber o Fórum Parlamentar Catarinense antes de assinar o contrato com a concessionária do aeroporto, a CCR. Mas não deu esperanças de que possa incluir a segunda pista de Navegantes na concessão agora. Ele condicionou o investimento ao aumento da demanda.

Sobre a BR-282, o ministro comprometeu-se a encaminhar um projeto de engenharia para terceiras faixas. O governador Moisés disse que o Estado pode aportar recursos nas obras.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp.

Leia mais

Depois dos radares, Câmara de Blumenau avalia fim das multas emitidas com câmeras

Investigação sobre transporte coletivo de Blumenau é convertida à esfera criminal

Projeto do Parque Linear da Margem Esquerda, em Blumenau, precisa de adaptações

Brasil cumpre todos os protocolos para espalhar a variante Delta do coronavírus

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas