nsc
nsc

Em teste

Sem alarde, pedágio da BR-101 Norte em SC passa a aceitar cartões de débito

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
21/06/2022 - 15h05 - Atualizada em: 21/06/2022 - 15h17
Empresa deve divulgar detalhes da nova modalidade de cobrança ainda esta semana
Empresa deve divulgar detalhes da nova modalidade de cobrança ainda esta semana (Foto: Felipe Carneiro, BD, Santa)

Sem alarde, os postos de pedágio no trecho Norte da BR-101, concedido à Arteris Litoral Sul, começaram a aceitar pagamento em cartões de débito. Na praça de Porto Belo, por onde a coluna passou na segunda-feira (20), as máquinas estão instaladas desde a semana passada, mas só são oferecidas aos motoristas que solicitam. A modalidade crédito segue vetada.

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Uma lei estadual exige, desde o ano passado, que as concessionárias aceitem o pedágio em meio eletrônico, mas o texto foi considerado inconstitucional pelo Tribunal de Justiça e a norma perdeu efeito. Enquanto a CCR VIaCosteira, concessionária do trecho Sul, passou a aceitar cartões, a Arteris anunciou uma ação judicial, que acabou impetratada pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). A decisão do TJ saiu em agosto de 2021.

Procurada pela coluna, a Arteris Litoral Sul informou apenas que um comunicado aos motoristas, com detalhes da operação, será divulgado em breve. Por enquanto, a modalidade de pagamento está em fase de testes, segundo a empresa.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Apesar do barulho, urna eletrônica é assunto morto nas Eleições 2022 em SC

Blumenau joga no lixo 10 mil comprimidos de cloroquina vencidos

O que Blumenau está testando no piso da Rua XV de Novembro

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas