nsc
nsc

EDITAL REABERTO

Blumenau mantém regra para obra do Centro de Convenções questionada por empresa

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
09/05/2022 - 15h13
Espaço para eventos será construído no terreno ao lado do ginásio Galegão
Espaço para eventos será construído no terreno ao lado do ginásio Galegão (Foto: Divulgação)

A prefeitura de Blumenau bateu o pé e decidiu manter as exigências previstas na licitação para a construção do Centro de Convenções. Com isso o edital, que estava suspenso depois ter sido questionado por uma empresa, foi reaberto. As propostas dos interessados em executar a obra, orçada em R$ 38,3 milhões, serão conhecidas na quinta-feira (12) – o prazo original era 25 de abril.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

A disputa estava em banho-maria depois de a Laca Engenharia, do Pará, contestar uma regra que impede as candidatas de somar diferentes atestados para comprovar que têm capacidade técnica para executar uma obra desse porte. A empresa sustentou que essa restrição impediria a participação de potenciais interessados, diminuindo a concorrência.

Em resposta ao pedido de impugnação, protocolada na última quinta-feira (5), a Secretaria de Obras disse ter convicção de que as exigências do edital devem permanecer como estão. A pasta justificou que as quantidades mínimas exigidas para o atestado têm como objetivo selecionar uma empresa que, além do conhecimento técnico, tenha capacidade operacional para executar todo o serviço de uma única vez.

Embora não tenha prosperado, a tentativa de impugnação deixa aberta a possibilidade de futura judicialização da disputa. A prefeitura tem pressa para colocar a licitação na rua e assinar o contrato com a empresa vencedora. Como o dinheiro vem do Estado, há restrições e prazos para o repasse em função do calendário eleitoral.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Novo condomínio em Blumenau com 250 apartamentos está em análise na prefeitura

WEG planeja investimento milionário para ampliar fábrica de Blumenau

Negócio que envolve sede própria da Câmara de Blumenau esbarra em conselho

Honda monta fábrica em Santa Catarina

Havan capta R$ 550 milhões em primeiro movimento no mercado de capitais​

Venda de empresa de TI de Blumenau pode sair por mais de R$ 600 milhões

Rede de lojas vai fechar unidade em Blumenau e culpa alta de custos

Retirada de decoração revela "tesouro" escondido na Vila Germânica em Blumenau

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas