nsc
nsc

FESTAS DE OUTUBRO

Chope será mais caro na volta da Oktoberfest Blumenau

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
06/05/2022 - 15h55
Festa retorna em 2022 depois de duas edições canceladas
Festa retorna em 2022 depois de duas edições canceladas (Foto: Lucas Correia, BD)

A Oktoberfest Blumenau retornará depois de dois anos com chope mais caro. O copo de 400ml do estilo Pilsen em 2022 custará R$ 14. Na edição de 2019, a última realizada, saía por R$ 11. Já os chopes especiais (IPA, Weiss, Viena, entre outros) custarão R$ 15. A alta inflacionária ajuda a explicar o reajuste.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

A organização do evento vai criar ainda uma terceira categoria da bebida, classificada como premium, uma novidade para a edição deste ano. Neste caso, o preço ainda será definido.

Segundo o diretor-geral da Vila Germânica, Guilherme Guenther, o aumento do chope segue um movimento de mercado. Normalmente, o preço do copo do estilo Pilsen subia um real por ano. Nesta lógica, teria custado R$ 12 e R$ 13 em 2020 e 2021, respectivamente, caso a festa tivesse acontecido.

Além da Spaten, já definida como a cerveja oficial da Oktoberfest 2022, até outras sete cervejarias artesanais da região do Vale Europeu poderão dar as caras na festa. A prefeitura publicou nesta sexta-feira (6) a licitação que prevê a contratação dos fornecedores regionais.

Ao todo, as artesanais do Vale terão sete pontos de venda à disposição. Serão três no setor 1 – que valerão também para a Sommerfest 2023 –, outros três no setor 2 e um último no setor 3. As ofertas serão conhecidas no dia 23 de maio.

A contratação será por tomada de preço. Cada cervejaria interessada pode ficar com apenas um ponto. Se depois da disputa restarem espaços disponíveis, a empresa pode tentar um segundo estande. Isso já aconteceu em anos anteriores.

Uma das novidades previstas no edital deste ano é a obrigatoriedade de as artesanais fornecerem chope sem álcool. Caso elas não tenham produção deste item, poderão encomendar da Ambev. A venda de água mineral, suco natural e refrigerante é optativa, mas os produtos também devem ser da marca oficial da festa.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Novo condomínio em Blumenau com 250 apartamentos está em análise na prefeitura

WEG planeja investimento milionário para ampliar fábrica de Blumenau

Negócio que envolve sede própria da Câmara de Blumenau esbarra em conselho

Honda monta fábrica em Santa Catarina

Havan capta R$ 550 milhões em primeiro movimento no mercado de capitais​

Venda de empresa de TI de Blumenau pode sair por mais de R$ 600 milhões

Rede de lojas vai fechar unidade em Blumenau e culpa alta de custos

Retirada de decoração revela "tesouro" escondido na Vila Germânica em Blumenau

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas