Está definida a empresa que ficará responsável pela urbanização da Margem Esquerda do Rio Itajaí-Açu em Blumenau, com a criação de um parque ciliar conectando a Ponte de Ferro com a Prainha. A prefeitura homologou a Progresso Ambiental, de Gaspar, como vencedora da licitação. O resultado foi publicado no diário oficial do município desta quinta-feira (22).

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

O colega Evandro de Assis já havia antecipado o favoritismo da Progresso, que apresentou a melhor proposta para executar os trabalhos em uma disputa que envolveu ainda outros três concorrentes. Pelo serviço, a empresa cobrou R$ 28 milhões. O município cogitava considerava pagar até R$ 29,9 milhões.

A obra será custeada com recursos do governo de Santa Catarina, com contrapartida menor do município. A partir de agora, o contrato será assinado e a documentação será encaminhada ao Estado para a liberação da primeira parcela. Somente com o pagamento garantido será possível assinar a ordem de serviço, diz o prefeito Mário Hildebrandt (Podemos).

O prazo de execução da obra, a partir da ordem de serviço, é de 10 meses. O parque linear terá ciclovias, pistas de caminhada, iluminação pública, mobiliário urbano e mirantes.

Continua depois da publicidade

Leia também

Nova Festitália em Blumenau surpreende e mostra a que veio, mas tem ajustes a fazer

Famosa praça de Blumenau ganhará cafeteria e banheiros públicos

Disputa por mercado público em Balneário Camboriú vira termômetro para Blumenau

Grupo suíço projeta investimento de R$ 3 bilhões em Navegantes

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total