nsc
nsc

Empresas

Dona da Dudalina quer trocar parte de dívida bilionária por ações

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
08/06/2022 - 08h59
Grife catarinense de camisas foi comprada em 2014 pela Restoque
Grife catarinense de camisas foi comprada em 2014 pela Restoque (Foto: Divulgação)

A Restoque, dona da marca Dudalina, planeja trocar parte de uma dívida bilionária por ações. O conselho de administração da varejista aprovou na segunda-feira (6) um plano de renegociação e reestruturação de débitos.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp

A ideia é que debêntures (títulos de dívida) sejam, na prática, convertidos em até 800 milhões de novas ações, informou o jornal Valor Econômico. Com isso, credores que têm a receber da companhia se tornariam sócias dela. A dívida líquida da Restoque chega a R$ 1,6 bilhão.

> Teka recebe oferta milionária de compra de empresa de São Paulo

Em fato relevante divulgado ao mercado, a Restoque disse que a proposta consiste na emissão de novas ações cotadas a R$ 2,10. O plano, no entanto, ainda precisa ser ratificado em assembleias de debenturistas e acionistas.

Além da Dudalina, a Restoque é dona de marcas como Le Lis Blanc e John John. A grife catarinense de camisas foi adquirida pela varejista em 2014. Desde então, os novos proprietários reestruturaram a operação, o que incluiu o fechamento das fábricas da marca no Estado. A antiga matriz da empresa, às margens da BR-470, até hoje está à venda.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Geração de emprego em Blumenau cresce pelo quarto mês seguido em abril

Empresas que projetam novo shopping em Blumenau intensificam buscas por investidores

Prefeito de Blumenau faz pedido especial ao novo dono da marca Sulfabril​​​

Passageiro de Blumenau poderá trocar de ônibus sem pagar nova tarifa​​

Projeto prevê condomínio com mais de mil apartamentos em Blumenau​​

Empresa de Blumenau faz proposta para comprar antiga sede da Dudalina​​

Casa criada em Blumenau e montada em dois dias ganha móveis e será produzida em série

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas