nsc
nsc

Negócios

Empresas que projetam novo shopping em Blumenau intensificam buscas por investidores

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
06/06/2022 - 10h16 - Atualizada em: 06/06/2022 - 12h33
Projeto no formato strip mall terá 22 mil metros quadrados de área construída
Projeto no formato strip mall terá 22 mil metros quadrados de área construída (Foto: Divulgação)

Os empreendedores responsáveis pelo Passeio Ponta da Vila, o futuro shopping no formato strip mall planejado para o bairro Ponta Aguda, em Blumenau, vão intensificar a busca por investidores a partir deste mês. Novas rodadas de apresentação do projeto serão feitas a gente com potencial (leia-se dinheiro e disposição de abrir o bolso) para se tornar sócia do negócio. O road show vai incluir cidades como Timbó e Indaial.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Para tirar o novo centro de compras e lazer do papel, são necessários R$ 60 milhões, segundo estimativas iniciais. Envolvido nas prospecções, o ex-secretário de Planejamento Urbano de Blumenau, Walfredo Balistieri, diz que cartas de intenções já encaminhadas cobrem 40% (cerca de R$ 24 milhões) deste valor.

A captação só não havia sido formalizada até então, diz Balistieri, porque as licenças ambientais do empreendimento, que inclui a implantação de um condomínio residencial no mesmo terreno, estavam suspensas por decisão judicial. Mas um acordo dos investidores com a 13ª Promotoria de Justiça do Ministério Público, autor de uma ação que questionava a intervenção na área, resultou na suspensão da liminar em abril, abrindo caminho para o início das obras.

A busca por investidores deve se estender até novembro, projeta Balistieri. As obras do empreendimento comercial, no entanto, devem começar logo. Superado o imbróglio judicial, os trabalhos iniciam com o corte de vegetação já autorizado pelos órgãos públicos e demarcação das áreas de preservação permanente (APPs).

Com o conceito de vila com lojas e operações de serviço ao ar livre, o strip mall planejado terá 22 mil metros quadrados de área construída, com área bruta locável (ABL) de 8,5 mil metros quadrados. O mix previsto contempla operações de gastronomia, supermercado, saúde, decoração e espaços de lazer, além de um coworking.

Condomínio também no mercado

A revogação da liminar que suspendia as licenças ambientais também abriu caminho para o início das vendas de espaços do condomínio residencial incluso no projeto. Ele será implantado no mesmo terreno de 400 mil metros quadrados às margens da Rua República Argentina onde será construído o strip mall. 

Serão quase 270 lotes. O empreendimento inclusive já era anunciado no estande de uma imobiliária que participou da Fenahabit em Blumenau. O cronograma, neste caso, prevê a entrega em 36 meses.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Prefeito de Blumenau faz pedido especial ao novo dono da marca Sulfabril

Novo curso de tecnologia de Blumenau garante emprego a metade dos alunos

Oktoberfest Blumenau 2022 terá outra cerveja estreante além da Spaten

Passageiro de Blumenau poderá trocar de ônibus sem pagar nova tarifa

Vila Germânica em Blumenau ficou pequena para a Febratex 2022

Projeto prevê condomínio com mais de mil apartamentos em Blumenau​​

Empresa de Blumenau faz proposta para comprar antiga sede da Dudalina​​

Casa criada em Blumenau e montada em dois dias ganha móveis e será produzida em série

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas