Em despacho de 19 de maio, o juiz Orlando Luiz Zanon Junior, da 5ª Vara Cível de Blumenau, deu prazo de 15 dias para que os administradores judiciais da Cristal Blumenau apresentem, se possível, uma avaliação de bens da empresa. A lista inclui um imóvel e a marca.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Os ativos devem ser leiloados no futuro, com os valores arrecadados destinados ao pagamento de dívidas. Procurado, o escritório que toca a administração judicial diz que este trabalho de avaliação já está em andamento.

A Cristal Blumenau teve a falência decretada em fevereiro de 2022.

Leia também

Egídio Beckhauser assume Secretaria de Esportes de Blumenau após cassação na Câmara

Continua depois da publicidade

Projeto de R$ 300 milhões quer transformar área de estaleiro em SC em armazém de combustíveis

Agro tem crescimento “chinês”, puxa PIB na largada de 2023 e manda recado a Lula

Catarinense Tirol adquire direitos para produzir e vender marca de laticínios Paulista

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total