nsc
nsc

Negócios

Startup de Blumenau acerta fusão com concorrente de São Paulo

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
12/01/2022 - 12h58
A Towty está instalada dentro do Centro de Inovação Blumenau
A Towty está instalada dentro do Centro de Inovação Blumenau (Foto: Divulgação)

A Towty, startup de Blumenau que desenvolve aplicativos e softwares sob medida, acertou uma fusão com a Guilu, empresa de São Paulo que atua no mesmo ramo. As conversas entre as partes evoluíram ao longo de 2021 e o acordo foi sacramentado no dia 3 de janeiro.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Embora a possibilidade tenha sido cogitada, a fusão não dará origem a uma nova companhia. A Towty vai absorver a equipe e os clientes da Guilu, que deixará de existir como empresa. Não se trata de uma aquisição porque não houve valores envolvidos. Pelo acordo, o sócio da Guilu, Willander Reis, passa a compor o quadro societário da Towty.

Com o negócio, a Towty planeja dobrar de tamanho, diz o sócio Tiago da Silva. Por ser uma startup jovem, a base de comparação é pequena. A empresa cresceu 276% em 2021, segundo Silva. Aos oito funcionários do time se somarão outros oito vindos da Guilu.

A fusão abre possibilidades de expansão no centro financeiro do país. A Towty tem atuação concentrada em Santa Catarina e, com a rede de contatos da Guilu, passa a ter entrada mais forte no Sudeste, segundo Silva. A partir de agora, ele passa a se concentrar mais na gestão de desenvolvimento de tecnologias da empresa. Reis, que vem da Guilu, ficará focado na área comercial.

— A gente aqui é mais tecnologia. Estávamos procurando alguém para compor o quadro societário da empresa com esse viés comercial — justifica Silva.

Embora crie soluções em aplicativos e softwares para qualquer segmento, a Towty tem atendido especialmente fintechs nos últimos anos. A startup está instalada no Centro de Inovação Blumenau.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Tecnoblu mira liderança na América do Sul e quer ser referência mundial em moda, diz fundador

Empresa Unifique negocia naming rights da Praça da Estação em Blumenau

Mudança em lei pode dar fim à novela do Edifício América em Blumenau, diz advogado

Bolsonaro e Hildebrandt têm visões diferentes sobre férias e papel do gestor público

Praça de alimentação da Sommerfest Blumenau deve ser mantida mesmo com festa cancelada

Surto de Covid-19 em Blumenau acende sinal de alerta entre as empresas

Empresa de Blumenau é vendida por R$ 85 milhões a multinacional bilionária do Canadá

Unifique desembolsa R$ 75 milhões e compra duas empresas em 10 dias​​​

Centro de Convenções de Blumenau ganha sinal verde do governo de SC​​​​​​

Marca Sulfabril é vendida e deve voltar ao mercado em 2022​​​​​​​​​

Antiga fábrica de centenária empresa de SC é comprada por R$ 37,5 milhões em leilão

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas