O Conselho Municipal de Saúde de Joinville deu aval à proposta da Secretaria de Saúde de Joinville para a oferta de telemedicina. A contratação dos serviços, por meio de convênio, deve ocorrer no primeiro semestre de 2023. A secretaria tem citado a modalidade como iniciativa capaz de ampliar a capacidade de atendimento na rede básica de saúde.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O tema provocou polêmica quando foi apresentado aos conselheiros, em julho. O Sindicato dos Servidores de Joinville criticou a terceirização, defendendo realização de concurso público, e o Conselho de Saúde decidiu a adiar a votação da proposta, preferindo aguardar a análise pelas comissões internas. A Secretaria de Saúde de Joinville, naquele momento, tinha plano de contratação do serviço ainda em 2022.

A meta é oferecer pelo menos 20 mil consultas mensais pelo futuro sistema, a ser operado por empresa privada. Procedimentos mais simples, como renovação de receitas de medicamentos, por exemplo, serão realizados por meio da telemedicina. O serviço também contará com operação de inteligência artificial para identificar qual a modalidade de atendimento dos pacientes.

Restauração do Moinho Joinville começa pelas fachadas e cobertura

Continua depois da publicidade

Futura duplicação em Joinville vai custar R$ 86,5 milhões

União autoriza construção de ponte em Joinville, com prazo

Subsídio da prefeitura de Joinville aos ônibus chega a R$ 25 milhões no ano

Vistoria em rede de drenagem de Joinville vai usar robôs

Na década, Joinville fica em terceiro em avanço do PIB entre as maiores economias

Destaques do NSC Total