O mercado de trabalho formal em Joinville teve avanço expressivo nas últimas duas décadas, em mais um indicativo do crescimento econômico da cidade. O mercado formal tem atualmente 223 mil trabalhadores no setor privado. Ainda conforme as estatísticas do Caged, 123 mil vagas foram criadas desde 2002, incluindo os dados até março de 2023.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Em proporção, 55% dos postos de trabalho do município surgiram nas duas últimas décadas. Nesse período, apenas nos anos de 2015 e 2016, durante crise econômica, o saldo anual foi negativo, com mais demissões do que contratações no mercado de trabalho. Nos demais anos, as admissões sempre superaram as demissões. Com 223 mil trabalhadores, Joinville fica em 20º lugar no País no ranking do mercado formal, em número de contratados. A cidade tem a 34ª maior população entre os municípios brasileiros.

O setor de serviços tomou a liderança de maior empregador de Joinville em 2015, após décadas de hegemonia da indústria. Os serviços empregam 97 mil pessoas na cidade. A indústria mantém a segunda colocação, com 76 mil trabalhadores. O Caged em Joinville tem registro ainda de 42 mil pessoas contratadas pelo segmento de comércio e 9 mil pela construção civil.

Implantação de ciclofaixa em Joinville poderá ter acordo com MP

Continua depois da publicidade

Areninha de Joinville teve projeto há 15 anos; ginásio foi tema em sondagem

Fatiada e com custo de R$ 375 mi, Beira-mangue será mantida no Plano Viário de Joinville

Foco de frente da BR-280 será busca de mais recursos federais

Em resposta aos MPs, prefeitura de Joinville defende lei municipal sobre recuos em obras

Joinville terá consulta sobre proposta para novo binário na zona Sul

Destaques do NSC Total