Perto de completar três décadas da inauguração, o Castelo Excalibur está passando por reformas para ganhar um novo visual. As obras, com previsão de conclusão em 2024, incluem a cobertura com cones de três das cinco torres, entre uma série de melhorias. Um painel interno esculpido em relevo, com representação de batalha medieval, será iluminado. O prédio no bairro Comasa, na região Leste de Joinville, é utilizado atualmente para eventos, com parte dos espaços locados para diferentes atividades.

Continua depois da publicidade

Clique para receber notícias de Joinville e região no WhatsApp

Antes da construção do Excalibur, o local era ocupado pelo antigo Caravelle, inaugurado em 1987 após reforma de galpão até então usado como depósito. Bailões foram a grande atração do então novo empreendimento do proprietário Silvio Neumann. A ideia do castelo era desejo antigo do empresário, que adorava desenhar as construções e outras referências medievais. Mas a inspiração para as torres foi mais contemporânea, baseada em construção no interior do Rio Grande do Sul.

As obras do Excalibur iniciaram em 1995, com conclusão e inauguração no ano seguinte. Na arrancada, a ideia era de contar com sete torres – foram erguidas cinco. Numa época pré-LED, o néon contava com 500 metros, um plus luminoso para deixar a construção mais atraente. Foram anos de realização de bailes e shows, como relata Neumann.

Na fase mais recente, teve espaços para apresentação de stand-ups. Mas os bailes que popularizaram o castelo deixaram de ser realizados há tempos: a utilização agora é para eventos, como aniversários, casamentos, entre outros. O que não mudou foi o castelo continuar sendo uma atração na região Leste de Joinville, já há quase três décadas.

Continua depois da publicidade

Universidade vai inaugurar polo na zona Sul de Joinville

Contrato do Palácio das Orquídeas pode ter rescisão antes do início das obras

Sinal verde de R$ 3 bilhões para SC será avaliado nesta quinta

Rotatória em forma de gota mais perto de sair em Joinville

Cidade de SC quer fazer concurso para guardas municipais

Como performance do mercado imobiliário de Joinville “ajuda” na receita da prefeitura

Projeto de reforma de ginásio em Joinville é retomado, mas vai levar mais tempo

Destaques do NSC Total