nsc
    nsc

    Pandemia

    Decreto de novas restrições em Joinville passa a valer com mudanças

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    29/07/2020 - 10h54 - Atualizada em: 30/07/2020 - 13h01
    Bancos entraram nas exceções sobre a capacidade de ocupação
    Bancos entraram nas exceções sobre a capacidade de ocupação (Foto: Salmo Duarte, arquivo AN)

    As medidas do novo decreto da prefeitura de Joinville com restrições começaram a vigorar nesta quarta-feira com alterações. A limitação da ocupação a 30% da capacidade em shopping centers, supermercados e demais estabelecimentos do comércio varejista ou atacadista está valendo, assim como em academias, igrejas e locais de atendimento presencial ao público. Mas houve alteração nesse último tópico.

    > Prefeitura de Joinville suspende ônibus por mais sete dias

    > Pedido da Defensoria Pública de lockdown em Joinville é negado na Justiça

    A versão inicial do decreto limitava a 30% a ocupação dos serviços com atendimento presencial, com exceção da assistência social. O índice está mantido, mas a alteração abre mais exceções, como bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito e estabelecimentos semelhantes. A exceção vale também para os serviços de assistência social e atendimento à população vulnerável, além da saúde.

    No entanto, todos esses estabelecimentos continuam obrigados a atender as regras sanitárias de decretos e portarias anteriores. A mudança no decreto foi feita porque houve o temor de que, caso a ocupação interna fosse limitada a 30%, as aglomerações iriam se formar do lado de fora dos estabelecimentos.

    As medidas do novo decreto têm validade por sete dias. Na próxima semana, as regras serão reavaliadas. A outra modificação foi na atuação das polícias Civil e Militar: agora, os policiais das instituições podem atuar também na fiscalização de regras municipais, inclusive com possibilidade de aplicação de multas.

    > Joinville registra mais mortes de moradores com coronavírus

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas