A retomada do estacionamento rotativo com concessão à iniciativa privada está prevista em projeto enviado pela prefeitura de Joinville à Câmara de Vereadores. A proposta traz as diretrizes para a volta do sistema pago de locação de vagas, mas sem entrar em detalhes sob o futuro sistema – a modelagem está sendo elaborado por consórcio selecionado em edital de chamamento. Após a conclusão do trabalho, a prefeitura pretende fazer a licitação para a concessão do rotativo. A mudança no modelo é defendida pela CDL.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

O estacionamento rotativo de Joinville em vigência (e que será mantido até que saia o novo modelo) é gratuito desde 2019, após seis anos desativado – entre 1980 e 2013, o sistema foi por concessão, com períodos de interrupção. No atual modelo, a fiscalização do tempo de permanência nas vagas é feita por agentes de trânsito, responsáveis pela aplicação de multas em caso de descumprimento.

Na justificativa do projeto enviado à Câmara, o prefeito Adriano Silva alega que o atual modelo é “operacionalmente inviável”. “(Porque) demanda uma equipe de funcionários atualmente inexistente no quadro de pessoal, necessitando retirar agentes de trânsito de sua função orientativa e fiscalizatória do trânsito para fazerem a fiscalização de estacionamento”.

Em quais ruas Joinville vai ganhar mais 3km de corredores de ônibus

Continua depois da publicidade

Blocos de até 12 toneladas são usados na proteção de molhes em praia do PR

Instalação de novas lombadas vai levar mais tempo em Joinville

Transporte por barco em SP reduz tempo de viagem; Joinville tentou modal nos anos 2000

Onde o mapa de Santa Catarina pode ficar maior

Nova modelagem no transporte coletivo em Joinville continua à espera da licitação

Destaques do NSC Total