nsc
an

Pandemia

38º Festival de Dança de Joinville é adiado para outubro com formato híbrido

Edição aconteceria em julho de 2020, mas precisou ser remarcada três vezes por causa da pandemia

20/05/2021 - 10h34

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Festival de Dança de Joinville
Festival de Dança de Joinville
(Foto: )

A 38ª edição do Festival de Dança de Joinville foi adiada pela terceira vez por causa da pandemia do coronavírus, segundo decisão comunicada nesta quinta-feira (20) pelo Instituto Festival de Dança, em conjunto com a prefeitura. O evento agora será realizado de 5 a 16 de outubro de 2021.

 > Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O evento estava marcado, inicialmente, para acontecer em julho do ano passado. Após o primeiro adiamento, a organização divulgou que a edição seria realizada em janeiro deste ano. No entanto, antes mesmo de chegar a data, a organização decidiu unir as edições de 2020 e 2021, adiando o evento para julho.

Agora, a 38ª edição do Festival de Dança deve acontecer em outubro de 2021. Segundo Ely Diniz, presidente do Instituto Festival de Dança de Joinville, todas as decisões tomadas até o momento foram para preservar a continuidade do evento sem colocar em risco a saúde e segurança dos envolvidos.

- A realização do evento dentro das condições norteadas pelos órgãos de saúde será um presente para os participantes, fornecedores e cidade, simbolizando a recuperação, otimismo e prosperidade do setor cultural, artístico e de eventos - afirmou.

> Memorial da Bicicleta, em Joinville, reabre ao público após mais de um ano fechado

Formato com atividades presenciais e virtuais

O formato do evento será híbrido, com atividades presenciais e virtuais. Os detalhes da programação com as definições finais serão divulgados até agosto. Para que o evento seja realizado dentro de um ambiente de segurança, será formado um Grupo de Trabalho coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde, com a participação da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e IFDJ, para definir quais protocolos e medidas serão adotados durante a realização do evento.

Em função da importância do evento para a cultura e para o turismo da cidade, que é reconhecida como Capital Nacional da Dança, a prefeitura está colaborando com o planejamento dos regramentos sanitários.

- O Festival de Dança é um orgulho para Joinville. Por este motivo, a equipe técnica da prefeitura está colaborando com o Instituto Festival de Dança para elaborar um protocolo seguro, que deverá levar em conta o cenário futuro do enfrentamento da pandemia - destacou o prefeito Adriano Silva.

Leia também:

> Como Joinville se transformou na Cidade da Dança no Brasil

> Saiba como a dança uniu Joinville e a cidade mais populosa da Europa

> Futuro da dança em Joinville depende de teatro e de incentivo às produções locais

Colunistas