nsc
santa

Desrepeito no litoral

Balneário Camboriú soma 577 casos de festas clandestinas e desrespeitos às restrições em 4 meses

A média é de cinco desrespeitos diários às normas que tentam frear a propagação da Covid-19

23/04/2021 - 05h00 - Atualizada em: 23/04/2021 - 18h39

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
Aglomerações foram registradas em festas clandestinas e nas praias
Aglomerações foram registradas em festas clandestinas e nas praias
(Foto: )

Balneário Camboriú soma 577 denúncias de desrespeito às restrições sanitárias para a contenção da Covid-19 nos primeiros quatro meses de 2021. Até 21 de abril, foram, em média, cinco denúncias por dia conforme levantamento feito a pedido do Santa.

Nestes 111 dias do ano, diversos casos de aglomerações, festas clandestinas e ilegais foram contabilizados pela Vigilância Sanitária e pela Fiscalização de Postura do município. Alguns deles, inclusive, chegaram a virar caso de Justiça.

> Receba todas as notícias de Balneario Camboriú e região pelo WhatsApp

De acordo com os dados levantados pelos órgãos municipais, nestes meses, foram feitas pelo menos 235 intimações devido ao desrespeito às regras de contenção ao vírus. Destas, 220 foram feitas pela Vigilância Sanitária para regularização dos locais, e as outras 15 pelos fiscais de posturas.

Nos 111 dias cobertos pelo levantamento, foram feitos pelo menos 41 autos de infração pela Guarda Municipal. Estes autos dizem respeito à aglomeração e perturbação de sossego, também proibidos durante a pandemia do coronavírus.

Entre as praias lotadas durante o dia e as baladas e festas clandestinas durante a noite, as denúncias se tornaram frequentes para que os decretos destes quatros meses publicados pelo governo do Estado fossem cumpridos.

Dois dos casos que mais ganharam repercussão até o momento foram dos restaurante-balada, La Belle e Shed, onde o desrespeito chegou a parar na Justiça e acabou em multa de pelo menos R$ 400 mil para os responsáveis do estabelecimento.

Em uma das festas promovidas por uma das casas, celulares chegaram a ser proibidos durante o evento e foram colocados dentro de sacos plásticos, para evitar que imagens do local fossem divulgadas. Na época, o estabelecimento negou a irregularidade.

A pandemia da Covid-19 não foi suficiente para que os fins de semana em uma das cidades mais conhecidas e procuradas do Litoral Norte Catarinense deixassem de ser movimentados, tanto durante o dia, quanto durante a noite.

Movimento na Praia Central de Balneário Camboriú nos primeiros dias de janeiro.
Movimento na Praia Central de Balneário Camboriú nos primeiros dias de janeiro.
(Foto: )

Aglomerações e interdições destes quatro meses

Festa com 100 pessoas é encerrada pela Guarda em Balneário Camboriú

Uma festa com 100 pessoas foi encerrada pela Guarda Municipal de Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, na madrugada no domingo, 11 de abril. A aglomeração foi encerrada por volta das 4h.

Invasão, drogas e perturbação; sete festas clandestinas são encerradas no feriadão em Balneário Camboriú

Invasão, drogas e perturbação de sossego foram registradas pela fiscalização durante o feriadão de Páscoa em Balneário Camboriú. Sete festas foram encerradas na cidade. Caixas de som e drogas foram apreendidas. As aglomerações aconteceram em pelo menos três pontos da cidade.

Uma das festas clandestinas ocorreu no deck do Pontal Norte, que estava interditado devido à pandemia. O portão estava trancado com corrente e cadeado. Cerca de 39 pessoas invadiram o local por volta da 1h30min de sexta-feira (2) e promoveram a festa. A fiscalização recebeu a denúncia e foi até o local. Os integrantes do grupo foram orientados pelos fiscais.

Banhistas descumprem decreto no feriado e vão à praia em Florianópolis e Balneário Camboriú

Banhistas descumpriram decreto para conter o avanço da Covid-19 e foram à praias em Florianópolis e Balneário Camboriú no feriado de Sexta-Feira Santa. A fiscalização flagrou as pessoas na areia com cadeira e guarda-sol em alguns locais. Conforme o decreto estadual vigente, só é permitida a circulação de pessoas e a prática de exercícios nas praias catarinenses.

Em Balneário Camboriú, no Vale do Itajaí, os guardas municipais flagraram banhistas na Praia Central durante manhã e tarde desta sexta-feira (2). De acordo com a prefeitura, uma operação local em conjunto com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foi feita.

Cinco festas são encerradas pela polícia no fim de semana em Balneário Camboriú

Cinco festas e um evento foram encerrados pela polícia entre os dias 12 e 14 de março, fim de semana de lockdown em Balneário Camboriú. Além disso, outros dois locais da cidade registraram aglomerações, que foram dispersas pela fiscalização. O descumprimento das regras foi verificado em várias partes da cidade.

Bailão, balada e bar são interditados por aglomeração em Balneário Camboriú

Um bailão, uma balada, um bar e três conveniências foram interditados por promoverem aglomeração em Balneário Camboriú entre os dias 29 e 31 de janeiro. Ao todo, 15 locais foram vistoriados pela equipe formada por Guarda Municipal, Vigilância Sanitária, Fiscalização de Posturas, Polícia Militar e Polícia Civil, incluindo festas particulares.

Quatro casas noturnas de Balneário Camboriú são interditadas por descumprir regras

Quatro casas noturnas foram interditadas entre a sexta-feira, dia 8 de janeiro e a madrugada de domingo, dia 10, em Balneário Camboriú. De acordo com regras estaduais, eventos do tipo estão proibidos na cidade em função do novo coronavírus.

O primeiro sábado de 2021 levou uma multidão à Praia Central de Balneário Camboriú. Tanta movimentação que, não fossem as raríssimas máscaras, as imagens feitas de manhã pelo repórter cinematográfico Luiz Carlos Souza, da NSC TV, poderiam ser confundidas com as do último verão - antes da ameaça trazida pela pandemia.

Colunistas