nsc
hora_de_sc

Crime passional

Bombeiro é assassinado pela namorada com tiro de pistola em Florianópolis

Após crime, mulher também morreu; caso é tratado pela polícia como homicídio seguido de suicídio

16/09/2021 - 20h56 - Atualizada em: 17/09/2021 - 10h53

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Joana
Por Joana Caldas
O 2º sargente Smaylin Willian Schappo estava no Corpo de Bombeiros desde 2006
O 2º sargento Smaylin Willian Schappo estava no Corpo de Bombeiros desde 2006
(Foto: )

Um bombeiro foi assassinado pela namorada com um tiro de pistola nesta quinta-feira (16) em Florianópolis. O crime ocorreu na Servidão Aníbal Pedro Oliveira, no bairro Ingleses, Norte da Ilha de SC. Após o homicídio, a mulher usou a mesma arma para tirar a própria vida. As informações são da Polícia Civil. 

Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A vítima é o 2º sargento Smaylin Willian Schappo. A identidade dele foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros Militar.

Titular da Delegacia de Homicídios da Capital, o delegado Ênio Matos dosse que a equipe de investigação foi acionada no fim da tarde, porém não soube informar qual horário exato ocorreram as mortes. 

> SC tem motivos para se preocupar com o tsunami no Brasil? Entenda

Ao chegar ao endereço, os policiais encontraram o corpo do bombeiro caído dentro da casa em que ele morava. Já o da mulher, estava no quintal.

- A moça matou o namorado e depois morreu. Ele foi morto com tiro de pistola dentro de casa e ela se matou na rua - comentou o delegado. 

Horário do crime não foi informado; polícia diz que foi acionada no fim da tarde
Horário do crime não foi informado; polícia diz que foi acionada no fim da tarde
(Foto: )

O homem era natural de São Miguel do Oeste, no Oeste catarinense, e 2º sargento do Corpo de Bombeiros Militar. Ele tinha 32 anos. A namorada era natural de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e tinha 28 anos. A Polícia Civil não divulgou a identidade do casal. 

Corporação lamenta perda

O Corpo de Bombeiros Militar divulgou uma nota de pesar confirmando a morte do sargento Schappo. Segundo a corporação, ele entrou para os bombeiros em 2006 e estava lotado na Central de Operações Bombeiro Militar, em Florianópolis.

Bombeiro tinha 32 anos e era natural de São Miguel do Oeste
Bombeiro tinha 32 anos e era natural de São Miguel do Oeste
(Foto: )

Em nota, que não informa o motivo da morte, a corporação lamenta a perda do servidor e solidariza com familiares e amigos do sargento:

"Neste difícil momento, registramos aos familiares e amigos do sargento Schappo, os sentimentos de profunda tristeza e solidariedade de todos os Bombeiros Militares da corporação. Nossas respeitosas continências", diz a nota.

Leia também

Mais de 500 quilos de carne de cavalo apreendidos no Sul de SC estavam em CTG

Tubarão de dois metros aparece na praia em Balneário Camboriú; vídeo

"Não há chance de interdição do Mercado Público de Florianópolis", garante secretário

CTG no Sul de SC era usado como abatedouro clandestino de cavalo, gado e mula

Colunistas