nsc
    dc

    HENRIQUE BILBAO

    Carros autônomos e inteligência artificial

    Parecia algo distante, mas estamos em 2021 e o uso deles no nosso dia a dia é sim possível

    25/01/2021 - 14h44 - Atualizada em: 25/01/2021 - 14h45

    Compartilhe

    Por Tech SC
    Carros autônomos
    O desenvolvimento de carros autônomos vem sendo o grande desafio de muitas montadoras já há alguns anos
    (Foto: )
    Henrique Bilbao
    Henrique Bilbao
    (Foto: )

    Durante toda a pauta sobre a inteligência artificial e os ganhos que a tecnologia nos proporcionaria em um futuro, os carros autônomos sempre foram um grande assunto. O momento em que o uso deles se tornaria parte do nosso dia a dia parecia algo muito distante, mas estamos aqui, em 2021, e isso é sim possível.

    > Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

    Como funcionam os carros autônomos

    Em linhas gerais, o carro autônomo tem seu funcionamento baseado em um conjunto de sensores que capturam informações sobre a navegação do veículo em tempo real. Estas informações são, por exemplo:

    A posição na estrada;

    A distância relativa de potenciais obstáculos e de outros veículos;

    O reconhecimento de sinais de trânsito e faixas no pavimento;

    Entre outras ações.

    > Inteligência artificial mais próxima do que você imagina

    A depender da sofisticação do sistema, os sensores podem ter outras tecnologias embutidas, mas basicamente todos os modelos disponíveis comercialmente apostam nesse tipo de sistema.

    Neste sentido, a inteligência artificial se faz presente de diversas formas. Em muitos destes sensores, o processamento de dados e imagens da câmera e radares do veículo são tratados através da I.A. para orientar a navegação do veículo de maneira independente e segura.

    > Chatbots se tornam acessíveis e adaptáveis para qualquer negócio

    Quem está na busca do carro autônomo?

    O desenvolvimento de carros autônomos vem sendo o grande desafio de muitas montadoras já há alguns anos. Grandes nomes do mercado como GM, Volvo, Audi, BMW, Mercedes Benz e Toyota já possuem projetos que fazem uso da inteligência artificial na fabricação destes veículos. A Tesla, que podemos considerar uma das montadoras mais conhecidas nesse segmento, também já estuda e apresenta ao mercado modelos de carros autônomos desde 2008.

    Sabe-se também que, embora já possamos notar funções amplamente automatizadas, o modelo de carro autônomo completamente independente ainda está por vir. 

    Elon Musk, CEO da Tesla, deu uma importante declaração no início do mês de dezembro de 2020 dizendo que está "extremamente confiante" de que a plataforma de direção 100% autônoma será lançada para a base de clientes da montadora em algum momento de 2021.

    As principais discussões sobre carro autônomo

    Posso destacar aqui três das maiores discussões sobre o assunto:

    O robô vai conseguir se virar em todas as situações, ou seja, é seguro?

    Outra questão é a ética. Quem escreve o código de programação (algoritmo) que controla o carro, tem que dizer pra ele o que faz numa situação entre atropelar uma idosa, um cachorro e uma criança. O robô vai precisar ser treinado com ética correta.

    Ocorrendo um acidente, de quem é a culpa? Do “motorista”, do desenvolvedor do software, do fabricante do carro?

    > Como a inteligência artificial é aplicada nos serviços de streaming

    Para todas estas perguntas acredito que o processo de resposta ainda está em construção, mesmo que este modelo de veículo já esteja em funcionamento. Entende-se que o progresso no setor seja feito a passos largos. Uma criação que possa garantir 100% de segurança ainda parece algo que pode levar algum tempo para se tornar realidade. Por outro lado, já podemos dizer que, grande parte dos carros autônomos são potencialmente mais seguros do que a condução humana.

    Quais os possíveis ganhos dos carros autônomos

    Deixando de lado as discussões mais complexas que ainda precisam ser aprofundadas, teremos ganhos enormes quando estes veículos estiverem em massa na nossa sociedade.

    A redução de acidentes provocados por sono, cansaço extremo e desatenção ao volante, além de motoristas embriagados é inimaginável. Ao passo em que a redução do número de acidentes ocorre, também acredita-se que haverá uma diminuição expressiva no valor dos seguros e coberturas de avarias.

    Ainda com a grande redução de acidentes, os carros poderão reduzir o investimento em diversos equipamentos de segurança como ABS, AirBag, barras de segurança, reforços em chassis, entre outros. Essa grande redução de peso irá gerar por sua vez grandes reduções no consumo de combustíveis, diminuindo o efeito negativo no meio-ambiente.

    > O lado obscuro da Inteligência Artificial

    É claro que todos esses pontos ainda são promessas a serem validadas, principalmente considerando os argumentos mais complexos que ainda precisamos resolver. Porém, olhando essa lista de benefícios espero ter aberto sua mente para aceitar, ou continuar aceitando, a ideia de que carros autônomos irão nos ajudar e muito.

    Gostou desse conteúdo? Vou ficar feliz em saber a sua opinião nos comentários abaixo. Aproveite para conferir outros artigos sobre tecnologia e inteligência artificial clicando aqui.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas