nsc
dc

APOIO AO PRESIDENTE

Cidades de SC têm manifestações de 7 de Setembro a favor de Bolsonaro

Manifestantes se reúnem em praças e pontos públicos de dezenas de cidades catarinenses

07/09/2021 - 10h19 - Atualizada em: 08/09/2021 - 05h22

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Catarina
Por Catarina Duarte
Imagem aérea mostra manifestação em Florianópolis
Imagem aérea mostra manifestação em Florianópolis
(Foto: )

Além dos bloqueios em rodovias, cidades de Santa Catarina registram manifestações neste feriado da Independência, 7 de setembro. Dezenas de municípios tiveram atos entre a manhã e tarde desta terça-feira. Na pauta estavam questões defendidas pelo presidente Jair Bolsonaro, que declarou apoio aos protestos. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

> Por que 7 de setembro é feriado?

Manifestações fazem parte fundamental da democracia, mas as desta terça seguem uma pauta antidemocrática e inconstitucional, como pedidos de destituição dos ministros do Supremo Tribunal Federal, o retorno do voto impresso, intervenção militar e ameaças ao Congresso Nacional. Durante os atos deste 7 de Setembro, moradores passaram por ruas de cidades de moto, carro ou caminhão com a bandeiras do Brasil à mostra e buzinaço.

Os pontos de encontro foram praças, na maioria dos casos. Nelas, carros de som com identificação de grupos conservadores aguardam a chegada dos apoiadores vestidos de verde e amarelo. O uso de máscara, obrigatório em todo o Estado por conta da pandemia do coronavírus, foi desrespeitado por diversos adeptos. 

Veja abaixo as manifestações nas maiores cidades de Santa Catarina:

Florianópolis

Na capital, a concentração começou antes das 10h, horário marcado para o início do ato organizado no Trapiche da Beira-Mar. Com bandeiras do Brasil, vestidos de verde e amarelo, os participantes chegaram ao local e por volta das 10h20min bloquearam o trânsito da Avenida em ambos os sentidos para passeata até a sede da Polícia Federal (PF). Pouco antes do meio-dia, após a chegada à PF, o trânsito passou a ser liberado aos poucos, conforme os manifestantes dispersavam. 

> Cidades de SC têm manifestações contra Bolsonaro no 7 de Setembro

Na saída da Ilha, sobre a ponte, participantes pararam o trânsito momentaneamente para tirar fotos durante a manhã. 

Joinville

Em Joinville, moradores encheram a Praça da Bandeira por volta das 9h. Ao meio-dia, em carreata, eles partiram para o km 25 da BR-101, onde há outros manifestantes fechando a rodovia.

Blumenau

Em Blumenau, buzinaços foram ouvidos desde antes das 9h em diversas vias da região central. A concentração na praça em frente à prefeitura começou às 10h. Manifestantes fecharam a Beira-Rio e saíram em passeata. 

> Quem faz parte do Conselho da República que Bolsonaro quer convocar

Ainda no Vale do Itajaí, Gaspar e Timbó também registraram atos a favor do presidente.

Chapecó

Em Chapecó, a concentração foi no Monumento ao Centenário, no Centro, às 9h. Os manifestantes percorreram a Avenida Getúlio Vargas. O ao contou com a participação de cavaleiros, pedestres, motociclistas e motoristas.

Protesto em Chapecó durante a manhã
Protesto em Chapecó durante a manhã
(Foto: )

Balneário Camboriú

No Litoral Norte, em Balneário Camboriú, o ato começou às 14h na Praça Almirante Tamandaré. Com bandeiras e faixas com frases de apoio ao presidente e contrárias ao comunismo, os participantes iniciaram uma passeata pela Avenida Atlântica. 

Criciúma 

Em Criciúma, a concentração aconteceu no bairro Próspera. A manifestação começou às 9h.

Protesto em Criciúma aconteceu na manhã desta terça-feira (7)
Protesto em Criciúma aconteceu na manhã desta terça-feira (7)
(Foto: )

Manifestações bloqueiam rodovias

As mobilizações em rodovias interditam o trânsito desde o começo da manhã. Acompanhe.  

Leia também

Bolsonaro volta a atacar ministro do STF durante discurso em São Paulo

Manifestações pacíficas são aceitas mas são desvio de foco para as reais necessidades do Brasil

Opinião: Bolsonaro fará nas ruas manifestação de força que não tem mais nas pesquisas

PF prende catarinense em inquérito que apura atos antidemocráticos

Preso pela PF em SC disse que empresário pagaria pela cabeça de Alexandre de Moraes

Análise: Reduto de Bolsonaro, SC terá no 7 de Setembro chance de mostrar que respeita a democracia

Colunistas