nsc
hora_de_sc

Mundo Animal

Cobra-real: conheça a maior serpente venenosa que se alimenta da mesma espécie

Conheça as características e veja o que o veneno deste animal é capaz de fazer

27/11/2021 - 07h00

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
A cobra-real pode chegar a 5 metros de comprimento
A cobra-real pode chegar a 5 metros de comprimento
(Foto: )

A cobra-real é a maior cobra venenosa que existe no mundo, medindo entre 3 e 4 metros, podendo chegar até 5 metros. Ela é chamada de cobra-real porque, às vezes, come outras cobras, inclusive outras cobras-reais.

Confira as características, o que o veneno causa e outras curiosidades sobre a cobra-real. 

> Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Existe cobra-real no Brasil?

Não. A cobra-real (Ophiophagus hannah) é uma espécie de serpente peçonhenta da família dos Elapídeos, autóctone da Ásia meridional e do sudeste asiático, que habita as planícies e florestas tropicais da Índia e da China, bem como outras nações do sudeste asiático. A palavra grega Ophiophagus significa "comedora de serpentes" e Hannah é uma referência a um mito grego sobre as fadas que vivem nas árvores.

Elas se dividem em dois grupos: as que são altamente venenosas e as que possuem venenos menos letais. 

As menos letais são mais comuns na América do Norte e têm a mesma alimentação das cobras-reais venenosas, ou seja, comem animais e outras cobras. Como não possuem veneno letal, elas matam suas presas por constrição, um método usado por algumas serpentes peçonhentas para imobilizar suas presas. 

A cobra-real não venenosa detecta a vítima por meio do olfato. Após localizá-la, ela agarra a presa pela boca, enrola-a rapidamente e começa a apertá-la até que ela pare de respirar.

Características da cobra-real

A maioria das espécies de cobra-real tem padrões vibrantes na pele peles, com cores vivas que criam um forte contraste. Esses padrões se desfazem no contorno do corpo da cobra para que seja menos visível para predadores, como raposas, coiotes, aves de rapina e outras cobras.

Cobra-real tem entre 3 e 4 metros de comprimento
Cobra-real tem entre 3 e 4 metros de comprimento
(Foto: )

A cor do corpo da cobra-real pode variar em diversos tons de marrom, incluindo marrom-oliva, marrom-amarelo, marrom médio, marrom-escuro ou, ocasionalmente, preto. As mais jovens têm corpo escuro, com faixas amarelas claras igualmente espaçadas, estreitas e uma parte inferior amarela pálida.

As cobras-reais têm escamas dorsais lisas e uma aparência brilhante. A típica cobra-real oriental tem corpo preto com faixas finas de amarelo em todo o corpo, formando um padrão em forma de corrente. Pode haver uma variação no padrão na largura das faixas, bem como na cor, que, às vezes, é quase branca.

> Cobra mais venenosa do Brasil foi capturada quatro vezes em 12 dias no Vale do Itajaí

Qual é o veneno da cobra-real

O veneno da cobra-real não é o mais potente entre o das cobras venenosas, mas a quantidade de neurotoxina que ela pode liberar em uma única mordida é suficiente para matar 20 pessoas, ou até um elefante. 

O veneno da cobra-real afeta os sistemas respiratórios do cérebro, causando parada respiratória e insuficiência cardíaca.

Habitat

As cobras-reais vivem principalmente nas florestas tropicais e planícies da Índia, sul da China e sudeste da Ásia, e sua coloração pode variar muito de região para região. Elas se sentem confortáveis em uma variedade de habitats, incluindo florestas, matagais de bambu, manguezais, pastagens de grande altitude e em rios.

> Diferença entre cobra e serpente; saiba como identificar os animais

O que a cobra-real come

Essa espécie se alimenta principalmente de outras cobras, peçonhentas e não peçonhentas. Elas também comem lagartos, ovos e pequenos mamíferos. 

Dependendo do tamanho da presa, a cobra-real pode passar muitos dias sem se alimentar.

Reprodução

Geralmente, a estação de acasalamento da cobra-real se estende de março a agosto. O acasalamento acontece no início da primavera, em períodos mais quentes. Já nos climas mais frios, pode acontecer no fim da primavera ou verão. 

As cobras-reais põem cerca de 3 a 29 ovos, que eclodem sozinhos após dois ou três meses. Os filhotes nascem com aproximadamente 12,7 a 20,3 cm de comprimento e são independentes, não precisam de cuidados maternos.

> Mais de 250 cobras já foram capturadas em Jaraguá do Sul em 2021

Qual a diferença entre cobra Real e Naja?

A naja pode chegar a 5,5 metros de comprimento
A naja pode chegar a 5,5 metros de comprimento
(Foto: )

A pele da naja é geralmente marrom, preta ou verde-oliva, com a barriga mais clara. A característica mais marcante é o capuz, que se alarga ao longo da parte superior do pescoço.

A serpente tem porte de médio a grande, podendo chegar a 5,5 metros de comprimento.

Essas cobras vivem em florestas, desertos e pradarias na África e em regiões do sul da Ásia. Outras vivem às margens de lagos ou em árvores. Ao se sentir ameaçada, a naja eleva sua cabeça e dilata as costelas que tem no pescoço, o que forma uma espécie de capuz.

> Bebê chora e pais o encontram enrolado por cobra

10 curiosidades sobre a cobra-real

1. Cobras-reais são animais ofiófagos. Elas caçam e comem outras cobras, inclusive outras cobras-reais, o que as tornam carnívoras.

Elas são imunes ao veneno de outras cobras, como a cascavel, por isso não há problema em caçá-las e comê-las. No entanto, isso não significa que sejam imunes ao veneno de cobra de outros países ou áreas.

2. Cobras-reais que vivem em cativeiros ficam ativas ao amanhecer e ao anoitecer. Na natureza, elas são semiarbóreas, ou seja, vivem no solo. No entanto, elas também podem subir em árvores quando, por exemplo, veem uma presa nas árvores, como pássaros, filhotes e lagartos.

3. Essas cobras também comem pássaros. Em climas úmidos, a cobra-real ataca tartarugas e outros animais de sangue frio, como sapos.

4. As cobras-reais também comem ovos quando elas estão em um pântano ou em uma floresta tropical, onde há abundância desse alimento, especialmente durante a época de acasalamento de animais específicos.

Quando estão com fome, elas comem qualquer ovo que encontrarem, engolindo-os inteiros. Apesar de terem dentes, elas não esmagam os ovos, pois os dentes das cobras não são usados para mastigar, mas para puxar o alimento de volta para a garganta.

Em cativeiro, algumas são alimentadas com ovos de pardal.

5. A cobra-real oriental é, na maior parte do tempo, terrestre e ativa durante o dia, e gosta de se esconder embaixo das coisas. Nos meses de verão, algumas podem ser encontradas se movendo à noite. Eles são encontrados perto ou ao redor da água.

6. Como todas as cobras, elas exalam um almíscar mal cheiroso quando capturadas por um predador. Elas também vibram sua cauda, que pode soar como um chocalho em folhas secas.

7. A cobra-real é a única cobra que cria um ninho para depositar seus ovos.

8. A cobra-real é categorizada como "vulnerável" na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas de Extinção da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza). A destruição do seu habitat, o comércio de peles e o comércio de animais de estimação são alguns dos fatores que ameaçam as cobras-reais.

9. As cobras-reais são animais que possuem dois olhos escuros e presas de cerca de 1,25 centímetros de comprimento. 

10. O peso varia de 5 e 10 quilos. A cobra-real mais pesada vivia no Zoológico de Nova Iorque e pesava pouco menos de 12 quilos. Os machos crescem um pouco mais do que as fêmeas.

> Cobra-coral é encontrada em quintal de casa em SC

O que fazer ao ser picado por uma cobra venenosa

Se você for picado por uma cobra venenosa, ligue para o número de emergência local imediatamente, especialmente se a área picada mudar de cor, começar a inchar ou doer. Muitos prontos-socorros têm estoque de soro contra veneno de cobra.

Se possível, siga as seguintes etapas enquanto aguarda por ajuda médica:

  • O tratamento deve ser feito em até 30 minutos após a picada.
  • Permaneça quieto e calmo para ajudar a retardar a disseminação do veneno. Quanto mais você se movimentar, mais o veneno poderá se espalhar pelo corpo e chegar aos órgãos vitais.
  • Remova joias e roupas justas antes da área picada começar a inchar.
  • Posicione-se de forma que a ferida fique no nível do coração ou abaixo dele.
  • Aplique compressa de gelo no local;
  • Limpe a ferida com água e sabão. Cubra a mordia com um curativo limpo e seco.

O que não fazer ao ser picada por uma cobra venenosa

  • Não use torniquete e nem aplique gelo.
  • Não corte a ferida e nem tente remover o veneno.
  • Não beba cafeína ou álcool, pois podem acelerar a absorção do veneno pelo corpo.
  • Não coloque pó de café, folhas ou qualquer outra substância que possa contaminar a ferida;
  • Não tente capturar a cobra. Procure se lembrar da sua cor e forma para que possa descrevê-la para ajudar a equipe de socorro a identificar rapidamente qual soro deve ser usado. Para facilitar a identificação da cobra, se possível, peça para alguém tirar uma foto da mesma a uma distância segura. 

Sintomas de uma picada de cobra venenosa

Os sintomas de picada de cobra venenosa variam de acordo com a espécie da serpente, mas geralmente, após a dor sentida no local devido à picada, podem aparecer outros sintomas como:

  • Piora na dor ao longo do tempo;
  • Inchaço que pode aumentar e afetar outras áreas ao redor da picada;
  • Bolhas na pele;
  • Ínguas doloridas em áreas próximas da picada. Por exemplo, após uma picada na perna pode aparecer inchaço das ínguas da virilha; uma picada no braço pode causar a inflamação das ínguas da axila;
  • Vômitos e náuseas;
  • Sensação de mal-estar geral, tontura e desmaio.

É importante lembrar que a mordida de algumas cobras venenosas não causa qualquer sintoma. Por isso, é sempre necessário procurar atendimento médico mesmo se houver suspeita de que a cobra não seja venenosa.

Confira diferenças entre cobras no vídeo

Leia também

​Cobra píton amarela é venenosa? Descubra tudo sobre a espécie

Cobra de jardim é venenosa? Conheça a espécie

Quais as cobras venenosas mais encontradas em Blumenau

Cobras venenosas em Santa Catarina; saiba mais e quais os cuidados

Colunistas