nsc
dc

Futebol

Coronavírus: Conmebol suspende jogos das Eliminatórias Sul-Americanas marcados para março

Medida foi tomada em conjunto com a Fifa após reunião entre os presidentes das duas entidades

06/03/2021 - 17h39 - Atualizada em: 06/03/2021 - 17h49

Compartilhe

Folhapress
Por Folhapress
tite-tecnico-selecao-brasileira-eliminatorias-copa-do-mundo-2022
Sob o comando de Tite, Brasil enfrentaria Argentina e Colômbia no fim do mÊs
(Foto: )

A Conmebol anunciou neste sábado (6) a suspensão da rodada de março das Eliminatórias Sulmericanas para a Copa do Mundo do Qatar, em 2022, em razão da pandemia. A medida foi tomada em conjunto com a Fifa após reunião entre os presidentes das duas entidades.

> Veja mais notícias do mundo do futebol

A Seleção Brasileira enfrentaria a Colômbia, em Barranquilha, e a Argentina, em Pernambuco, nos dias 26 e 30 de março, respectivamente.

"A decisão obedece a impossibilidade de contar em tempo e forma com todos os jogadores sul-americanos. A Fifa analisará a reprogramação da rodada, em coordenação com a Conmebol e associações membro. Em breve serão estudadas diferentes opções para realização das partidas", afirmou a entidade sul-americana em suas redes sociais.

> Roberto Alves: "A bola parou de rolar em Santa Catarina"

A decisão foi tomada após times europeus, como o Manchester City (ING), de Pep Guardiola, e o Liverpool (ING), de Jürgen Klopp, afirmarem que se recusariam a liberar os seus jogadores para viajar à América do Sul diante da situação que o continente apresenta na pandemia.

> Receba notícias de Santa Catarina no Whatsapp

O Brasil recentemente ultrapassou os Estados Unidos em número de novas mortes por coronavírus por milhão de habitantes. O país completou nesta sexta-feira (5) uma semana com média móvel acima dos mil óbitos, alcançando o recorde de 1.423 no dia.

> Avaí/Kkindermann estreia com goleada na Libertadores Feminina

A Seleção Brasileira lidera as Eliminatórias da América do Sul com 12 pontos após quatro jogos (100% de aproveitamento). A Argentina vem logo atrás, com 10, seguida por Equador, com 9.

Leia também:

> Conselho técnico da FCF mantém jogos atrasados e não muda fórmula do Catarinense

> Clubes podem concluir o Catarinense 2021 fora de suas cidades, afirma procurador da FCF

Colunistas