nsc

Meio ambiente

Florianópolis começa implantar coleta exclusiva de vidro e orgânicos

Serão atendidos 103 condomínios do Itacorubi, num total de 50 mil pessoas

08/06/2021 - 12h22 - Atualizada em: 08/06/2021 - 12h24

Compartilhe

Juliana
Por Juliana Gomes
Coleta flex começa nesta terça na capital
Coleta flex começa nesta terça na capital
(Foto: )

A partir desta terça-feira (8), Florianópolis passa a contar com a coleta exclusiva de vidro e resíduos orgânicos, a seletiva flex. Neste primeiro momento, o serviço atenderá de porta em porta, 103 condomínios do bairro Itacorubi, já cadastrados pela prefeitura, um total de 50 mil pessoas.

Nestes domicílios, haverá coleta seletiva de plástico, papel e metal às segundas, às 19h; orgânicos compostáveis às terças e sextas, às 8h; e só de vidros às quartas, às 8h. Por enquanto, a coleta convencional de rejeito continua aos domingos, terças e quintas, às 19h.

> Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

Na sequência, devem ser atendidos mais nove bairros entre Bacia do Itacorubi e Centro. Segundo a prefeitura, serão 17,5 mil residências e mais de 50 mil pessoas, no Itacorubi, Córrego Grande, João Paulo, Sacos dos Limões, Carvoeira, Agronômica, Pantanal, Trindade e Santa Mônica.

Meta

Conforme a secretaria municipal de meio ambiente, o potencial de coleta será de 40 toneladas de vidro e 250 toneladas de orgânicos por mês. A meta é aumentar 40% a reciclagem de vidro e dobrar a de orgânicos.

No bairro Monte Verde, 292 famílias já participam da coleta seletiva de orgânicos por meio de pontos de entrega voluntária. O município tem também o projeto Minhoca na Cabeça, com 1,1 mil kits distribuídos, além de iniciativas comunitárias e institucionais com pátios de compostagem e hortas urbanas.

Entrega voluntária

A capital dispõe de 100 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) e de cinco ecopontos. Segundo a prefeitura, somando a visitação aos ecopontos do Itacorubi, Monte Cristo, Capoeiras, Canasvieiras e Morro das Pedras são em torno de 600 entregas diárias.

Agora, será lançado um edital para ampliar de cinco para 13 os ecopontos do município. Serão implantados ecopontos nos bairros Barra da Lagoa, Coloninha, Costeira, Ingleses, Lagoa, Rio Vermelho, Tapera e Monte Verde.

Novos caminhões

O município dispõe agora de quatro caminhões satélites, com elevador acoplado para coleta de vidro e orgânico. Após a aquisição destes veículos, um investimento de R$ 1,3 milhão, a coleta seletiva de vidro e de orgânicos, antes feita por entrega voluntária do resíduo nos PEVs e ecopontos, agora será feita de porta em porta.

Com a nova frota, a prefeitura organizará uma escala de recolhimento domiciliar desses materiais, considerados os mais pesados da seletiva. Além disso, o orgânico é o mais perecível e o vidro oferece riscos à segurança de garis e triadores.

Nova coleta seletiva flex

Coleta de recicláveis orgânicos Às terças e sextas pela manhã

Coleta de vidros Às quartas pela manhã

Para participar

- Condomínios devem adquirir contentores exclusivos, modelo europeu (120 litros na cor marrom para os recicláveis orgânicos e 240 litros na cor verde para os vidros).

- Contentores devem atender a NBR 15.911-2, para que encaixem no elevador do caminhão e sejam mais resistentes.

- Moradores deve ser orientados a separar os resíduos e destinar às coletas seletivas exclusivas para cada fração.

Dois contentores de 120 litros (para acondicionamento dos recicláveis orgânicos) atende até 34 apartamentos, com a frequência de coleta de duas vezes por semana (7,059L/apto/coleta).

Contentores

A secretaria de meio ambiente recomenda que, para começar, o condomínio adquira um contentor de 240 litros para os vidros e dois de 120 litros para os orgânicos.

Os contentores de cor laranja, utilizados atualmente pelos condomínios, continuarão em uso para apresentação dos resíduos misturados (rejeitos) para a coleta convencional.

*Com informações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Florianópolis

Leia Mais:

Crimes ambientais em SC terão 30% de desconto em multa via conciliação

Moradores de rua são vacinados; servidores da Assistência Social, não

Identificado casal de motociclistas morto em acidente na BR-101 em Balneário Camboriú

Prova de vida do INSS é desafio digital para idosos em SC

Trabalhadores de transportes de carga em SC vão receber apoio para estudar

Colunistas