Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um grupo de pessoas em uma corrente de oração em frente ao Hospital da Unimed, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. De joelhos e com as mãos estendidas, os familiares rezam em voz alta pela recuperação de pessoas internadas na unidade em tratamento de complicações do novo coronavírus.

Continua depois da publicidade

As imagens foram gravadas na noite de sábado (27), quando o advogado e professor universitário José Valderi da Silva levou a namorada para uma consulta. Ela apresentou sintomas de Covid-19, mas teve a suspeita descartada e já está em casa.

> Hospital de Xanxerê alerta: “Vamos começar a perder vidas”

Segundo ele, um grupo de 15 a 20 pessoas estava no local orando para a recuperação dos pacientes internados na unidade. A cena impactou e comoveu a ele e a outras pessoas que passaram pelo local. A intenção era fazer um vídeo para enviar ao grupo da família, mas a partir disso as imagens acabaram sendo compartilhadas por outras pessoas.

Santa Catarina enfrenta um colapso na saúde, com falta de vagas em UTI nos hospitais e aumento de casos de Covid-19. O governo de SC confirmou que ao menos 16 pacientes serão transferidos para leitos no Espírito Santo, que ofereceu ajuda ao Estado em razão da situação atual.

Continua depois da publicidade

Nesse cenário, as correntes de orações em frente a instituições de saúde têm se tornado mais comuns. No hospital de Videira, uma foto também mostra pessoas em posição de oração em frente à unidade. Na semana passada, policiais e bombeiros fizeram orações em frente a um hospital e a um posto de saúde em Xanxerê, também no Oeste, uma das cidades mais afetadas pelo colapso, onde ao menos oito pessoas já morreram à espera de UTI.

Leia também

Um dia após dar à luz trigêmeos, mulher é intubada com a Covid-19 em Chapecó

Variante do coronavírus pode estar atrás de explosão de internações em SC

SC tem a semana com mais mortes por Covid-19 desde o início da pandemia

Destaques do NSC Total