nsc
    dc

    Posse

    "A partir de hoje não tem eles nem nós, tem Chapecó acima de tudo", diz prefeito João Rodrigues

    Ao lado do prefeito, vice Itamar Agnoletto (PP) e os 21 vereadores eleitos também foram empossados em cerimônia

    01/01/2021 - 09h42 - Atualizada em: 01/01/2021 - 13h36

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    João Rodrigues (PSD) é o novo prefeito de Chapecó
    João Rodrigues (PSD) é o novo prefeito de Chapecó
    (Foto: )

    O prefeito eleito em Chapecó, João Rodrigues (PSD), tomou posse do cargo na manhã desta sexta-feira (1º), ao lado do vice Itamar Agnoletto (PP) e dos 21 vereadores eleitos. Cumprindo regras de enfrentamento ao coronavírus, a cerimônia ocorreu apenas com a presença dos empossados no Centro de Eventos de Chapecó.

    > Em meio à pandemia, posses de prefeitos e vereadores eleitos terão eventos presenciais em SC

    Antes de iniciadas as posses, todos os presentes homenagearam Paulo Magro, presidente da Chapeconese morto por complicações do coronavírus, e todas as demais vítimas da doença. Para isso, houve um minuto de silêncio na solenidade. 

    No discurso, o pessedista lembrou o período em que passou preso e falou sobre os desafios da pandemia do coronavírus e os novos decretos já definidos, vacinação, prioridades de execução de obras, revitalização de espaços públicos e resiliência.

    - Muitas das sextas-feiras era dia de visita no Complexo Penitenciário da Papuda (onde ficou preso). Olha como o mundo é engraçado, como a roda gira muito rápido. De ontem pra hoje onde eu estou: fazendo um juramento como prefeito da cidade de Chapecó pela terceira vez. Não há males que vem para o bem. Ela (a dor) nos faz amadurecer, aprender a respeitar mais o outro, não julgar ninguém e ser mais humano. E é esse o mandato que vamos exercer. A partir de hoje, não tem eles, nem nós, direita ou esquerda. Tem Chapecó acima de tudo - iniciou a manifestação. 

    > SC aguarda análise de testes com suspeita de variante mais contagiosa do coronavírus

    Durante sua fala, o prefeito empossado deu ênfase às ações contra a pandemia do coronavírus, sobre as perdas que ocorreram durante o ano que passou por consequência da doença e anunciou o primeiro decreto que será publicado pelo Executivo municipal ainda nesta sexta-feira:

    - Faremos algo completamente diferente do que já foi feito: bares, restaurantes e similares funcionarão até às 24h. Quando mais tu encurta o horário de funcionamento, mais as pessoas aglomeram pra desfrutar das horas disponíveis. Quanto mais tu fecha as portas, mais ocorrem as clandestinidades. Estaremos vigilantes.

    > Mega da Virada: apostas de Santa Catarina entre as premiadas na edição especial

    Além disso, o pessedista anunciou que lojas, mercados e todos os estabelecimentos comerciais poderão funcionar até a meia-noite, mas reforçou a importância do comprometimento de cada cidadão.

    - Tenho fé que no final de janeiro, primeira quinzena de fevereiro, Chapecó vai começar vacinar, porque já fomos atrás de laboratórios. E teremos, a partir da próxima segunda-feira (4), um protocolo de tratamento precoce. É uma determinação. 

    Mesa diretora da Câmara de Vereadores

    Na mesma solenidade que empossou prefeito, vice e vereadores, também ocorreu a eleição da mesa diretora de Chapecó. 

    Veja como ficou a composição:

    Presidente: João Rosa (PSL)

    Vice-presidente: Adão Teodoro (PSD)

    Primeiro secretário: Wilson Cidrão Causa Animal (Patriota)

    Segundo secretário: Valdemir Stobe Tigrão (PTB)

    Empossados

    Prefeito: João Rodrigues (PSD)

    Vice-prefeito: Itamar Agnoletto (PP)

    Vereadores

    1. Carraro (PSD): 2.374 votos (2,27%)

    2. Dr. João (PSL): 2.335 votos (2,23%)

    3. Gringo Ladomenega (PSL): 2.095 votos (2,00%)

    4. Claimar de Conto (PP): 1.985 votos (1,90%)

    5. Valmor Scolari (PSD): 1.913 votos (1,83%)

    6. Neuri Mantelli (MDB): 1.779 votos (1,70%)

    7. Valduga (PC do B): 1.773 votos (1,70%)

    8. Aderbal Pedroso (PSD): 1.757 votos (1,68%)

    9. Sica (PSL): 1.610 votos (1,54%)

    10. Professora Deise (PT): 1.578 votos (1,51%)

    11. Marcilei Vignatti (PSB): 1.575 votos (1,51%)

    12. Derli Maier (MDB): 1.521 votos (1,46%)

    13. Professora Sueli Suttili (PSD): 1.440 votos (1,38%)

    14. Fernando Cordeiro (PSC): 1.422 votos (1,36%)

    15. Elisiani Sanches (PSD): 1.326 votos (1,27%)

    16. Andre Kovaleski (PL): 1.281 votos (1,23%)

    17. Nelson Krombauer (PP): 1.273 votos (1,22%)

    18. Adão Teodoro (PSD): 1.249 votos (1,20%)

    19. Valdemir Stobe Tigrão (PTB): 1.224 votos (1,17%)

    20. Wilson Cidrão Causa Animal (Patriota): 1.011 votos (0,97%)

    21. Valdir Carvalho (PT): 894 votos (0,86%)

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas