nsc
dc

Tragédia

Marília Mendonça morre em acidente de avião no interior de MG

Acidente ocorreu por volta das 15h30 desta sexta-feira (5) na cidade de Piedade de Caratinga; outras quatro pessoas morreram

05/11/2021 - 15h52 - Atualizada em: 05/11/2021 - 20h32

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Cantora foi uma das vítimas do acidente
Cantora foi uma das vítimas do acidente
(Foto: )

A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, morreu após o avião em que estava cair em uma área perto de uma cachoeira em Piedade de Caratinga, Minas Gerais, nesta sexta-feira (5). Além da cantora, outras quatro pessoas também estavam na aeronave.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

> Relembre a carreira de Marília Mendonça, cantora morta em acidente aos 26 anos

A morte de Marília Mendonça foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Em nota, a equipe afirmou que entre as vítimas fatais estão a cantora Marília, o produtor Henrique Ribeiro, o assessor e tio dela, Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto, Geraldo Martins de Medeiros Júnior, e o copiloto, Tarcísio Pessoa Viana morreram no acidente. Confira a íntegra do comunicado divulgado pela corporação:

"O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais".

> Marília Mendonça publicou vídeo dentro de avião que caiu em MG

Em um primeiro momento, a assessoria da cantora havia divulgado que a cantora havia sido resgatada da aeronave. Porém, a informação não foi ratificada pelas equipes de resgate. Poucos minutos após a informação da queda, veio a confirmação da morte. Veja a íntegra da nota, divulgada pela assessoria de Marília Mendonça:

"Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos."

> Marília Mendonça achava avião que caiu em MG "muito instável”, diz amigo

O que se sabe sobre o acidente

O acidente ocorreu na BR-474, próximo à Pousada Rodrigo Godinho, zona rural de Piedade de Caratinga, em Minas Gerais. O socorro foi pedido por volta de 15h30. Ainda não se sabe as causas do acidente.

Por volta das 19h todos os cinco corpos, entre eles da cantora, tinham sido retirados da aeronave. As últimas vítimas resgatadas foram o piloto e o copiloto do avião. 

Até às 20h30 os corpos ainda estavam no Instituto Médico Legal (IML) de Caratinga. Ainda não há previsão de quando eles serão liberados. 

Segundo o G1, aeronave era um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. A Anac informou que a situação do avião estava regular e com autorização para fazer táxi aéreo. A Aeronáutica vai apurar as causas do acidente.

> Tuíte de Marília Mendonça sobre sonho com água e cachoeira é de um ano e meio atrás

Marília estava a caminho de um show na cidade de Caratinga. Horas antes ela publicou nas redes sociais um vídeo em que mostrava ela entrando no avião.

Quem era Marília Mendonça

Marília Dias Mendonça nasceu no dia 22 de julho de 1995, em Cristianópolis, no interior de Goiás. Teve o primeiro contato com a música na igreja. Começou a compor ainda aos 12 anos, e antes de fazer sucesso como cantora, teve sucessos cantados por artistas como João Neto e Frederico e Henrique e Juliano.

Foi com o lançamento de seu álbum, em 2016, que ela ganhou destaque na música nacional, principalmente com a faixa "Infiel", que foi um dos seus maiores sucessos. Também foi nessa época que ela ficou conhecida como "Rainha da Sofrência". Em 2017, recebeu indicação ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Música Sertaneja. 

Marília deixa um filho de apenas um ano e 11 meses, o menino Léo. Ele nasceu em 16 de dezembro de 2019, fruto da relação da artista com o cantor e compositor Murillo Huff. 

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, decretou luto oficial de três dias no Estado pela morte da cantora. Ele também disponibilizou o ginásio Goiânia Arena para que a família possa fazer o velório. 

> Chapecoense homenageia Marília Mendonça após morte em acidente áereo

Aeoronáutica investiga causas do acidente

De acordo com o G1, a Aeronáutica apura as hipóteses que levaram ao acidente. Entre elas, há a possibilidade da aeronave ter colidido contra fios de alta tensão próximos ao local. Ela caiu a cerca de 2 quilômetros da pista onde faria o pouso, segundo a Polícia Militar Mineira. 

> Avião de Marília Mendonça pode ter batido contra torre de alta tensão; Aeronáutica investiga

Informações preliminares de pilotos e testemunhas que estavam próximo ao local no momento do acidente são de que o avião pode ter rasgado os fios de alta tensão que estavam ligados a uma torre. Em nota, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) alegou que o avião atingiu o cabo de uma torre de distribuição da empresa em Caratinga. Isso fez com que cerca de 33 mil clientes, de seis cidades da região, ficassem sem energia elétrica. 

Além disso, órgãos aéreos da região haviam recebido, em agosto e setembro, relatos de outros pilotos de que os fios elétricos atrapalhariam o pouso no aeródromo de Caratinga. Esse tipo de relato é chamado de Notam (Notificação Aeronáutica) e indica dados sobre riscos e alertam outros pilotos que se dirigem à região sobre perigos para operar no local.

> Avião de Marília Mendonça caiu próximo de aeroporto em MG; veja mapa

Outra testumunha também disse às autoridades que o avião, após bater contra os fios, teria perdido um dos motores. 

Todas essas hipóteses devem ser confirmados após uma perícia nos destroços, que será realizada pela Força Aérea Brasileira (FAB). Testemunhas das pistas de pouso de onde o avião decolou e do destino também serão ouvidas. 

Documentos, dados de inspeções técnicas, de manutenção do avião e a qualidade do combustível usado na operação também serão verificados. A previsão é de que as equipes cheguem ao local do acidente na manhã deste sábado (5). 

"O objetivo das investigações realizadas pelo Cenipa é prevenir que novos acidentes com características semelhantes ocorram. A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os fatores contribuintes", disse a Aeronáutica em nota ao G1. 

> Relembre artistas que morreram em acidente de avião

> Bolsonaro lamenta morte de Marília Mendonça: "Momento de profunda dor"

Show em SC em dezembro 

Em dezembro, a cantora iria fazer um show em Florianópolis. Por meio de nota, a casa que receberia a atração lamentou a morte da cantora e prestou solidareidade aos familiares e amigos. 

Marília também participaria de um festival na cidade de Camboriú, no Vale do Itajaí. A empresa responsável pela organização também se solidarizou com a morte da cantora. 

Vídeo mostra resumo da morte de Marília Mendonça

*Por Luana Amorim

Leia também:

Serpente mais venenosa do Brasil é encontrada em casa no Vale do Itajaí

Gasolina passou de R$ 2,74 para R$ 6,40 em SC desde 2011; veja linha do tempo

Reações da segunda dose da Pfizer; veja os sintomas mais relatados

Com gasolina acima de R$ 6, veja dicas para economizar o combustível

Casamento às Cegas Brasil: o que esperar do reencontro e como assistir

Exames de Bolsonaro ficarão secretos por 100 anos por determinação do Planalto

Colunistas