nsc

    Pandemia

    "Máscara veio para ficar", avisa novo superintendente de Vigilância em Saúde de SC

    Eduardo Macário reforça necessidade de prevenção mesmo com a vacinação

    15/01/2021 - 17h55

    Compartilhe

    Kadu
    Por Kadu Reis
    Eduardo Macário durante atuação no Ministério da Saúde
    Eduardo Macário assume superintendência de Vigilância em Saúde
    (Foto: )

    O doutor em epidemiologia Eduardo Macário é o novo superintendente de Vigilância em Saúde de Santa Catarina. O profissional chega à equipe do Governo do Estado para assumir a vaga deixada por Raquel Bittencourt. Em sua primeira fala na função, o ex-diretor do Ministério da Saúde reforçou que a prevenção ao coronavírus precisa continuar apesar da proximidade do início da vacinação.

    > "Fico perplexo", diz especialista em administração pública sobre pandemia no Brasil

    — A principal mensagem é que vacina começa a chegar em alguns dias e os grupos prioritários serão divulgados amplamente. Todo mundo vai ficar sabendo o momento certo de tomar a vacina. Mas é fundamental que se mantenham as ações de prevenção. O uso de máscara veio para ficar, é uma ação de respeito e proteção para si e aos outros. A etiqueta respiratória é fundamental, além de evitar aglomerações — lembra Macário.

    Ouça a manifestação do novo superintendente de Vigilância em Saúde de SC:

    O Governo do Estado aguarda a definição por parte do Ministério da Saúde sobre a quantidade de doses de vacina a serem recebidas neste primeiro momento. De acordo com o governador Carlos Moisés, os imunizantes chegarão nos municípios 24h após o Estado receber. Para o novo superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, é preciso envolver a população no processo.

    > Vacinação contra Covid-19: como as maiores cidades de SC se planejam

    — Será um grande desafio montar uma campanha de vacinação desta envergadura. Provavelmente a maior já feita no mundo, em Santa Catarina não será diferente. Vamos manter as ações que vinham sendo feitas e ao mesmo tempo envolver toda a população catarinense e a estrutura do Governo do Estado para sermos bem sucedidos — afirma.

    > Prefeito de Florianópolis pede "calma" antes da chegada das vacinas contra Covid-19

    Macário é doutor em epidemiologia e possui mais de 20 anos de experiência na área de Vigilância em Saúde. O profissional atuou por 14 anos no Ministério da Saúde, nas funções de diretor de Análise em Saúde e Secretário de Vigilância em Saúde Substituto. Ele já foi gestor de Vigilância Epidemiológica em Santa Catarina por seis anos.

    Leia mais:

    > Pedro Machado: Para a economia, vacina da Covid-19 é mais urgente no Brasil do que as reformas estruturais

    > Vacina mais eficaz deve ser prioridade para grupo de maior risco, diz pesquisador

    > Brasileira conta como Israel usa drones no combate à Covid-19

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas