nsc
    dc

    Pandemia

    Memorial faz homenagem a mais de 300 médicos vítimas da Covid-19 no país

    Memorial entrou no ar no site do CFM com os nomes, as datas de nascimento e de morte, fotos e um resumo das histórias dos médicos

    28/10/2020 - 10h40 - Atualizada em: 28/10/2020 - 10h43

    Compartilhe

    Por Folhapress
    cama de hospital
    Ao mesmo tempo em que faz a homenagem, o memorial tem o objetivo de dimensionar as perdas causadas pela doença na medicina
    (Foto: )

    Um memorial virtual faz uma homenagem aos 375 médicos mortos por causa da Covid-19 no Brasil - 8 deles em Santa Catarina. A plataforma foi criada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) para lembrar as histórias de quem está na linha de frente no combate à pandemia do novo coronavírus

    O memorial entrou no ar no site do CFM na terça-feira (27) com os nomes, as datas de nascimento e de morte, fotos e um resumo das histórias dos médicos que morreram em atuação desde o início da pandemia. Ao mesmo tempo em que faz a homenagem, o memorial tem o objetivo de dimensionar as perdas causadas pela doença na medicina.

    > Governo Bolsonaro libera estudo sobre privatização de unidades básicas do SUS

    Um mapa mostra as mortes em cada estado e é possível pesquisar informações por gênero, mês e região. As informações foram reunidas a partir de fontes como os Conselhos Regionais de Medicina (CRMs), sociedades de especialidades, sindicatos médicos, secretarias de saúde e veículos de comunicação. 

    A plataforma possui também galeria de fotos com cenas da rotina de profissionais, espaço para recados e um vídeo em que o ator Tony Ramos, pai de um médico, fala sobre a dedicação dos profissionais aos pacientes. 

    > Médico de Lages morre vítima de coronavírus aos 55 anos

    A dedicação mencionada pelo ator na homenagem foi declarada pelo médico Lucas Pires Augusto, 32, no dia 27 de julho, pouco antes de ser encaminhado para a UTI em Maringá, no norte do Paraná. 

    "Peguei essa doença fazendo o que amo, cuidando dos meus pacientes com amor e dedicação. Faria tudo outra vez", escreveu nas redes sociais. Ele morreu 12 dias depois.

    > Médico que morreu de covid-19 em Balneário Camboriú é homenageado pelo Fantástico

    Durante sua residência em neurocirurgia na USP de Ribeirão Preto, Lucas fez parte da equipe responsável pela cirurgia de separação das gêmeas siamesas Maria Ysabelle e Maria Ysadora, que nasceram unidas pelas cabeças, em 2018. Ele foi o segundo da equipe a morrer pela Covid-19. O primeiro foi o médico norte-americano James Goodrich, em março.

    O memorial faz homenagem a profissionais como Paloma Alves dos Santos, 27. Formada em 2018, a médica trabalhava na linha de frente no combate ao coronavírus em Nanuque, Minas Gerais. Era considerada uma profissional dedicada e competente. 

    > Médico do Brusque morre vítima do novo coronavírus

    Paloma foi infectada pela Covid-19 e morreu no dia 13 de agosto, após duas semanas internada na UTI. A morte provocou dezenas de manifestações de profissionais de saúde e moradores da cidade onde ela trabalhava. 

    Segundo a pesquisa do Conselho Federal de Medicina, São Paulo é o estado com mais mortes de médicos causadas pela Covid-19 até o momento: 58. Em seguida vem o Pará, com 51 mortes, e o Rio de Janeiro, com 50 mortes.

    > Além de enfrentar o coronavírus, os médicos têm de combater a desinformação

    O Brasil registrou 530 mortes pela Covid-19 e 29.353 casos da doença, nesta terça-feira (27). Com isso, o país registra no momento 157.981 óbitos e 5.440.903 pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

    Leia mais

    "Só tenho a agradecer", diz médico recuperado de coronavírus ao deixar hospital em SC; veja vídeo

    Menino de oito anos raspa cabelo de seu médico após cirurgia no cérebro

    > Painel do Coronavírus: veja em mapas e gráficos a evolução dos casos em SC

    > Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas