nsc
    santa

    Litoral Norte

    Morre mãe que deu à luz trigêmeos em Itajaí

    Camila precisou ser internada nesta quarta-feira (27) na UTI e não resistiu após complicações de pós-parto

    28/01/2021 - 09h26 - Atualizada em: 29/01/2021 - 14h43

    Compartilhe

    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Camila estava lúcida no dia do nascimento dos bebês, mas teve complicações um dia depois do parto.
    Camila estava lúcida no dia do nascimento dos bebês, mas teve complicações um dia depois do parto.
    (Foto: )

    Morreu nesta quinta-feira (28) a mulher que deu à luz trigêmeos em Itajaí na última terça-feira (26). Camila Cassimiro da Conceição precisou ser internada um dia após o parto, passou por cirurgia e não resistiu. De acordo com nota publicada pelo Hospital Marieta Konder Bornhausen, a mãe teve complicações hemorrágicas.

    > "Vai dar tudo certo", diz pai de trigêmeos após morte da esposa

    > SC registra dois nascimentos de trigêmeos em um mês e meio

    Valentina, Vitória e Breno vieram ao mundo saudáveis e, mesmo se tratando de uma gravidez de risco, nem sequer precisaram ir à UTI Neonatal. Camila — que tinha três filhos, sendo gêmeos na segunda gestação — acompanhou o parto e estava lúcida no momento do nascimento do trio. No dia seguinte, porém, o hospital divulgou que o quadro dela havia evoluído “com intercorrência importante após o parto”.

    > Receba notícias de SC por WhatsApp. Clique aqui e saiba como

    A mãe passou por cirurgia de emergência e, por conta da gravidade da situação, precisou ser internada em estado grave. Ela teve piora no quadro, relacionada a hemorragias pós-parto, e morreu nesta quinta-feira. Em nota, o hospital se manifestou dizendo que “solidariza com a família enlutada” e que prestará todo apoio.

    Confira a nota do hospital

    "O Hospital Marieta informa que a paciente Camila, gestante de trigêmeos, teve seu parto cesariana realizado sem intercorrências. No puerpério imediato, a paciente evoluiu com complicações hemorrágicas, havendo necessidade de uma nova intervenção cirúrgica, de emergência. Devido à gravidade do caso, a paciente foi transferida aos cuidados da unidade de terapia intensiva (UTI), apresentando piora clínica e infelizmente evoluindo a óbito. O Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen se solidariza com a família enlutada e está prestando todo o apoio".

    Leia também

    Parto raro: bebê nasce dentro da bolsa amniótica em SC

    Morte de menino de 9 anos por coronavírus em SC comove familiares: “Vá alegrar o céu, Davi”

    Colunistas