Morreu na manhã desta terça-feira (30), o gato Oliver, do comunicador Rafa Steinbach, da Atlântida FM Blumenau. O gato estava com Peritonite Infecciosa Felina (PIF), doença causada pelo coronavírus felino. O apresentador chegou a abrir uma vaquinha para arrecadar dinheiro para um medicamento, mas Oliver não resistiu e morreu no dia da chegada das ampolas.

Continua depois da publicidade

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

O apresentador do Cafezão usou as redes sociais para comunicar a morte do gato de apenas sete meses e agradecer a todos que ajudaram de alguma forma.

“Infelizmente perdemos a batalha. Nosso gurizinho foi forte e lutou com todas as forças que tinha contra essa doença, que é rápida e cruel. Agora ele vai descansar depois de ter conquistado os corações de tantas pessoas na breve vida que teve”, escreveu.

A notícia causou comoção nas internet e os seguidores do comunicador lamentaram a morte do bicho.

Continua depois da publicidade

“Ele deixa um rastro de luz e também a possibilidade que outro felino seja cuidado dessa doença tão devastadora”, publicou Catarina Gewehr, psicóloga que faz participações na Atlântida.

Oliver estava internado desde a última sexta-feira (26). Rafa chegou a criar uma conta no Instagram para arrecadar cerca de R$ 30 mil, dinheiro necessário para comprar o medicamento GS-441524, que apresenta eficácia contra a doença e passou a ser uma possibilidade de tratamento desde 2019.

O remédio não é produzido no Brasil e os custos de importação somados à demora para ter acesso às doses dificultam que o acesso ao medicamento seja rápido.

Na manhã desta terça, Rafa recebeu uma ligação da clínica veterinária avisando sobre a morte do gato, no mesmo dia em que as ampolas chegariam a Blumenau.

Continua depois da publicidade

O que é a Peritonite Infecciosa Felina (PIF)

A Peritonite Infecciosa Felina (PIF) é causada pelo coronavírus felino. 

Normalmente a doença atinge os gatos ainda jovens. Ela age de forma rápida e o bicho pode morrer em questão de semanas ou poucos meses. Entre os sintomas estão febre, letargia, perda de peso e problemas neurológicos.

Os gatos podem se infectar ao entrar em contato com as secreções de um gato contaminado. O vírus não é transmitido para humanos.

* Sob supervisão de Augusto Ittner

Leia também

Chip em cachorro ajuda polícia a encontrar autor de maus-tratos em Bombinhas

Continua depois da publicidade

Empresas vão ajudar a pagar reforma do Teatro Carlos Gomes em Blumenau

Caso de mães que perderam guarda de filhos em Blumenau provoca audiência pública

“Educação sexual é isso, não é ensinar sexo”, diz mãe de aluno que viralizou com lição em SC

Destaques do NSC Total