nsc
dc

Saúde

Mulheres que tomaram a vacina contra a Covid-19 devem esperar para fazer mamografia; entenda

O comunicado foi feito pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama na segunda-feira (5)

07/07/2021 - 13h58 - Atualizada em: 09/07/2021 - 16h39

Compartilhe

Diane
Por Diane Bikel
A nota da Femama esclarece que a vacina contra a Covid-19 não provoca câncer.
A nota da Femama esclarece que a vacina contra a Covid-19 não provoca câncer.
(Foto: )

A Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) fez um alerta para as mulheres que receberam a vacina contra a Covid-19 e precisam realizar mamografia. Segundo nota da instituição, as pessoas podem vir a desenvolver um aumento dos linfonodos (desenvolvimento de ínguas) nas axilas, em um evento raro causado por vacina ou injeções no geral. A orientação foi divulgada na segunda-feira (5).

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A recomendação é que os agendamentos de mamografia em pacientes que receberam a primeira dose da vacina, ou então, a segunda dose há menos de quatro semanas, sejam remarcados, segundo a Dra. Maira Caleffi, mastologista e presidente da Femama.

O comunicado foi divulgado após uma percepção de alterações frequentes nos exames de mamografia. Nas últimas seis semanas, de acordo com Maira, houve um aumento considerável de presença de linfonodos, em laudos de mamografias. 

> Mamografia após vacina contra Covid não causa câncer de mama, alerta mastologista

As informações foram confirmadas pela Sociedade Brasileira de Mastologia, pela Comissão Nacional de Mamografia do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem e pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, que já divulgaram recomendações sobre o caso.

A nota da Femama esclarece que a vacina contra a Covid-19 não provoca câncer. 

- As vacinas não provocam câncer e nem facilitam a descoberta da doença. O aumento dos linfonodos pode ser causado por qualquer injeção ou vacina, não apenas pelos imunizantes contra a Covid - explicou a presidente.

> Duas catarinenses vão integrar a Convergência Empresarial de Mulheres do Mercosul

- É importantíssimo que as mulheres retomem os exames periódicos de mamografia, e de rotina, com o ginecologista assim que possível - completa.

*Sob supervisão de Vinícius Dias.

Leia também

Cantor sertanejo vai fazer cirurgia de aumento peniano em Santa Catarina

Florianópolis suspende aplicação da 1ª dose da vacina contra Covid-19 e aguarda chegada de novos lotes

Homem filmado matando adolescente em Navegantes diz não lembrar do crime

Mulher tenta apagar tocha olímpica de Tóquio com pistola d’água; veja vídeo

Colunistas