nsc
nsc

Tá no hype

Novos processadores Ryzen, da AMD, garantem qualidade com valor acessível

Processadores com placa de vídeo onboard tem conquistado o mercado gamer

03/09/2021 - 08h31 - Atualizada em: 03/09/2021 - 08h46

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Nova série 5000 G não precisa de placa gráfica adicional
Nova série 5000 G não precisa de placa gráfica adicional
(Foto: )

A AMD lançou recentemente os processadores Ryzen Série 5000 G. Em um momento de escassez e alta no preço de placas de vídeo offboards, os processadores com gráfico integrado podem ser uma saída satisfatória para os gamers.

Os novos processadores Ryzen oferecem um salto em desempenho em relação à geração anterior. O principal diferencial da série 5000 G está no desempenho em jogos, sem necessidade de placa gráfica adicional.

> Com home office, busca por cadeiras gamer cresceu mais de 800% após o início da pandemia

A série AMD Ryzen 5000 G para desktops conta com AMD Radeon™ Graphics integrado. Com ele, é possível jogar sem travamentos, com resolução até 1080p. Os chips prometem bom desempenho em jogos como Assassin’s Creed Odyssey, Valorant, Fortnite, Civilization VI e Metro Exodus, com graficos acima de 30 fps.

Os processadores da série contam a arquitetura "Zen 3" de 7 nm, que permite um processador mais rápido e eficiente, para que todas as tarefas, das mais simples as que mais exigem do computador, possam ser feitas de forma refrigerada e silenciosa.

Além de rodar jogos em HD, os processadores da Série 5000 G possibilitam imersão em cada detalhe ao editar fotos e vídeos. Assim, os modelos da série podem ser uma excelente escolha para diversos públicos, como jogadores, criadores de conteúdo e usuários que desejam desempenho e experiência gráfica excepcional.

Os produtos batem de frente com o Core i7, de décima geração da Intel - principal concorrente da AMD. Segundo a AMD, os processadores com placa integrada da marca chegam a ser 38% mais rápidos em tarefas de criação de conteúdo, 35% mais velozes em produtividade e oferecem uma performance em games 2,17 vezes melhor que o rival.

A família chega ao mercado com seis modelos diferentes. Alguns contam com até 8 núcleos - alimentados pela tecnologia de núcleo de processador de 7 nm - entregando capacidade de resposta ultra-rápida para o computador.

O mais potente da série é o Ryzen 7 7500G, octa-core com 16 linhas de execução simultâneas (threads), com velocidades entre 3,8 e 4,6 GHz. Com TDP de 65 Watts, o chip da AMD oferece ainda uma Radeon da arquitetura Vega com oito núcleos de processamento gráfico.

> Computadores ultrapassados podem diminuir produtividade em até 40%

Uma opção intermediária da Série é o Ryzen 5 5600G, que também conta com Radeon da arquitetura Vega, mas com sete núcleos e 12 linhas de execução. O chip tem TDP de 65 Watts e velocidades de 3,9 a 4,4 GHz.

O chip mais simples da família é o Ryzen 3 5300GE. O adicional “E” na nomenclatura sinaliza o modelo mais econômico. A unidade conta com um quad-core com 8 threads e velocidades de 3,6 a 4,2 GHz. Essa versão conta com Radeon Vega de seis núcleos.

Placas de Vídeo Onboard X Placas de Vídeo Offboard

Quando a placa de vídeo é onboard, ela está integrada ao processador, ou, em alguns casos, a placa mãe. Parte da memória RAM é utilizada como memória de vídeo.

Devido a esse compartilhamento de memória, as placas de vídeo onboard geralmente tem menor poder de processamento gráfico, sendo recomendadas para tarefas simples.

> Montando um PC Gamer: Conheça três setups que vão te levar para o próximo nível

Como todos os componentes estão em uma peça única, as placas de vídeo onboard reduzem o custo do computador.

O contrário acontece com as placas de vídeo offboard, também conhecidas como dedicadas. Aqui, o componente é uma peça separada das demais, com maior memória disponível e um processador interno para renderização. Elas são recomendadas para quem procura altas taxas de FPS em jogos ou desempenho excelente na edição de vídeos.

Porém, o desenvolvimento da placa de vídeo offboard pode ser limitado se o computador possuir um processador fraco. Unir uma placa de vídeo offboard, como uma RTX 3080, a um processador Intel Core 3, por exemplo, resulta em travamentos e gargalos.

Além disso, as placas de vídeo offboard possuem valores muito elevados em comparação às onboards. Atualmente, uma placa de vídeo offboard, como a AMD MSI Radeon RX 6700 XT, pode chegar a R$ 7 mil. O valor é cerca de 250% a mais do que o Ryzen 5600G, processador intermediário da série Ryzen Série 5000 G, com gráfico integrado.

Agora que você já sabe a diferença entre as placas de vídeos onboard e offboard, fique atento para qual componente atende suas demandas. Existem modelos para todos os públicos, gamer, profissionais, ou quem precisa executar tarefas mais simples.

Onde encontrar

Os novos processadores AMD Ryzen Série 5000 G estão disponíveis na Viph It, empresa de tecnologia localizada na Grande Florianópolis.

A Viph It oferece equipamentos modernos e atualizados com entrega para todo o Brasil, além de contar com as melhores marcas de peças, notebooks e PCs do mercado como Lenovo, HP, Acer, DELL e Samsung.

A empresa também conta com consultoria gratuita de profissionais da área aos seus clientes para auxiliar na construção de um PC moldado nas necessidades do jogador.

As compras podem ser feitas pelo site ou pelo whatsapp (48) 9 9114-3425. Para buscar atendimento, clique aqui.

Acesse o canal da Viph It e leia mais.

Leia também

Aplicativo facilita acesso de pessoas com deficiência visual ao transporte público da Capital

Diversão, conhecimento e esporte: O crescimento dos sites de apostas online no Brasil

Veja como será o trajeto do túnel Lagoa-Itacorubi em Florianópolis

Colunistas