nsc
dc

Saúde

Obstrução intestinal é grave? Entenda a doença

Presidente, Jair Bolsonaro precisou ficar internado por quatro dias devido à doença

19/07/2021 - 09h31 - Atualizada em: 19/07/2021 - 09h38

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
A obstrução intestinal acontece quando o intestino para de funcionar normalmente devido a um bloqueio que impede com que as fezes gases passem pelo órgão
A obstrução intestinal acontece quando o intestino para de funcionar normalmente devido a um bloqueio que impede com que as fezes gases passem pelo órgão
(Foto: )

A obstrução intestinal diagnosticada no presidente da República, Jair Bolsonaro e o deixou internado por pelo menos quatro dias fez com que muitas pessoas se perguntassem se a doença era grave.

> Receba as notícias do NSC Total em seu WhatsApp

Continue lendo para entender do que se trata a doença, quais são os sintomas e quais são as formas de tratamento para acabar com os desconfortos causados por ela.

O que é obstrução intestinal

A obstrução intestinal acontece quando o intestino para de funcionar normalmente devido a um bloqueio que impede com que as fezes gases passem pelo órgão. As causas podem ser inúmeras como por exemplo tumores, inflamações, verminoses e até mesmo efeito de cirurgias.

Devido aos dejetos e gases intestinais não conseguires ser evacuados eles acabam se acumulando e isso acarreta em pressão dentro do intestino, provocando o risco de complicações intestinais graves como por exemplo a perfuração do intestino, uma infecção grave e até mesmo a morte do tecido intestinal.

O que pode causar a obstrução intestinal

Como falado acima, as causas da obstrução intestinal podem ser várias e ela é relativa de paciente para paciente. No entanto, a doença precisa ser diagnosticada por um médico para ser tratada da melhor maneira possível.

As causas da doença podem ser mecânicas, ou seja, quando há um obstáculo físico, como também uma obstrução funcional, quando os movimentos do intestino ficam paralisados.

> Dor de cabeça pós-Covid; entenda a sequela da doença

As principais causas incluem

Tumor intestinal, principalmente no intestino grosso.

Bridas intestinais, que são aderências de tecido nas paredes do intestino, mais comuns em pessoas que já passaram por cirurgia abdominal;

Hérnias;

Paralisia dos movimentos intestinais, chamada de íleo paralítico, devido a alterações metabólicas, como falta de potássio no sangue;

Torção do intestino;

Diverticulite;

Doenças inflamatórias do intestino, como a doença de Crohn;

Isquemia do intestino;

Intoxicação por chumbo;

Endometriose intestinal;

Acúmulo de vermes;

Enterite pós-radiação no tratamento de câncer.

> Efeitos colaterais da Janssen; veja as reações mais relatadas

Sintomas da obstrução intestinal

Os sintomas mais comuns relatas por quem é diagnosticado com obstrução intestinal são a parada de eliminação de fezes e gases. No entanto, caso a obstrução seja parcial, é possível que ainda haja eliminação de gases.

Vale lembrar que a intensidade dos sintomas vai variar de acordo com a causa e a gravidade da doença que está provocando a obstrução. Outros sintomas comuns incluem:

Dor abdominal em cólica e intensa;

Inchaço exagerado da barriga;

Náuseas e vômitos;

Diminuição do apetite.

A intensidade dos sintomas varia de acordo com a causa e a gravidade da doença que provoca a obstrução.

> Cirurgia de aumento do pênis; conheça o procedimento

Como é feito o diagnóstico

Como qualquer outra doença, o diagnóstico deve ser feito por um médico, para que o tratamento seja feito da melhor maneira possível e para que os sintomas desapareçam totalmente.

Um exame abdominal, radiografia e até mesmo uma tomografia computadorizada pode ser solicitada pelo médico.

É ele quem irá fazer os exames para tentar encontrar áreas que estão sensíveis, que tenham inchaço ou massas. Sempre que uma obstrução intestinal ocorre, o abdômen fica inchado.

Já a radiografia é usada para ver se há alças intestinais dilatadas, que indicam a localização da obstrução. A radiografia também pode mostrar a presença de ar ao redor do intestino ou sob a camada muscular que separa o abdômen e o tórax (diafragma).

E a tomografia do abdômen costuma ser utilizada para obter imagens nítidas do intestino, assim é possível identificar a localização e a causa exata da obstrução.

A tomografia do abdômen costuma ser utilizada para obter imagens nítidas do intestino
A tomografia do abdômen costuma ser utilizada para obter imagens nítidas do intestino
(Foto: )

> O que significa LGBTQIA+?

Como é o tratamento

O tratamento para a obstrução intestinal é variável e vai depender diretamente da localização e da gravidade dos sintomas. Ele deve ser feito no hospital, para evitar o surgimento de complicações, que podem ser agravados caso se tente utilizar laxantes em casa, por exemplo.

Em casos mais graves, como acontece na obstrução completa, além dos cuidados como medicação e hidratação, também é preciso fazer cirurgia para tratar a causa e desobstruir o intestino, permitindo que as fezes consigam passar novamente.

No caso de uma obstrução parcial, com sintomas mais leves, normalmente pode ser apenas necessário fazer a administração de líquidos na veia, para melhorar a hidratação e facilitar a passagem das fezes e líquidos.

Entrevista com Jair Bolsonaro

Leia também

Bolsonaro diz que fez simpatia para tentar parar soluço de 11 dias; veja vídeo

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC​​

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Colunistas