nsc
hora_de_sc

Saúde

Cirurgia de aumento do pênis; conheça o procedimento

É possível obter resultado de aumento que varia entre 1,4 a 4 centímetros o diâmetro do pênis

05/07/2021 - 11h04 - Atualizada em: 23/07/2021 - 21h30

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
Existem pelo menos três métodos cirúrgicos para aumentar o pênis, seja a largura ou o comprimento
Existem pelo menos três métodos cirúrgicos para aumentar o pênis, seja a largura ou o comprimento
(Foto: )

A cirurgia de aumento do pênis tem se tornado cada vez mais comum entre os procedimentos plásticos que envolvem os homens. O descontentamento com o tamanho do órgão é o que faz com que eles busquem soluções para resolver a situação.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Existem dois tipos de cirurgias que ajudam a aumentar o tamanho do pênis. Uma delas é para aumentar o comprimento e a outra é para aumentar a largura. Tanto uma quanto a outra podem ser feitas por qualquer homem, no entanto, elas não são oferecidas pela Sistema único de Saúde (SUS), já que são consideradas apenas como melhoria estética.

Porém, ainda que ajude na autoestima masculina, o procedimento pode ter complicações e não trazer resultados esperados, causando por exemplo, possíveis deformações no pênis, cicatrizes e infecção.

A necessidade de fazer tal procedimento precisa sempre ser discutida com um médico urologista, é ele quem dirá quais são os benefícios e riscos em cada caso de forma isolada, entendendo o que o paciente realmente precisa.

​> Cantor sertanejo vai fazer cirurgia de aumento peniano em Santa Catarina

Confira tudo sobre aumento peniano no vídeo

Quando a cirurgia de aumento de pênis é indicada

A cirurgia de aumento de pênis, ou cirurgia peniana, tanto para aumentar o comprimento quando para aumentar a largura normalmente é indicada em casos de micropênis, quando o tratamento com injeção de testosterona ou suplementação com hormônio do crescimento não é suficiente para o resultado esperado.

O micropênis não representa um problema de saúde, no entanto, ele pode causar frustração e interferir diretamente na qualidade de vida do homem, fazendo com que ele busque pelo procedimento e por médicos que recomendem a cirurgia.

Além deste caso, homens que estão descontentes com o tamanho do membro por ser menor do que eles realmente gostariam podem buscar por fazer a cirurgia, mas vale lembrar que o aumento peniano através de cirurgia é a última opção de tratamento indicada neste caso, já que ela pode ter consequências como dificuldade de ereção, cicatrizes, infeção e até deformar o órgão.

> Veja mapas e dados da vacinação contra a Covid-19 por cidade

Entre o tempo recomendado está cerca de seis semanas, ou seja, um mês e meio, ou quando for indicado pelo médico que fez o procedimento e avaliou o caso.

Além disso, exercícios físicos mais intensos como por exemplo correr ou ir para a academia só são recomendados por profissionais após o período que varia entre três e seis meses.

> Tendências de barba e cabelo para a próxima estação

Cirurgias para o aumentar o pênis

Como já dito acima, existem pelo menos dois tipos de cirurgias para o pênis e tudo vai depender do desejo do homem e da indicação do médico urologista. Tanto o procedimento de aumentar o comprimento quanto o de aumentar a largura só podem ser notados quando o pênis está ereto.

Além disso, em muitos dos casos, apesar de dar a impressão de que o pênis fica maior quando está ereto, o membro continua do mesmo tamanho. Essa impressão de aumento acontece devido à aspiração da gordura.

Os métodos cirúrgicos para aumentar o pênis são pelo menos três: injeção de gordura, injeção de ácido hialurônico poimetilmetcrilato e a colocação de rede.

> Falando de Sexo: é normal a mulher não chegar ao orgasmo pela penetração?

Dependendo do tipo de cirurgia, procedimento e objetivo, e em cada caso específico, é possível obter resultado de aumento que varia entre 1,4 a 4 centímetros o diâmetro do pênis.

É possível obter resultado de aumento que varia entre 1,4 a 4 centímetros o diâmetro do pênis
É possível obter resultado de aumento que varia entre 1,4 a 4 centímetros o diâmetro do pênis
(Foto: )

> Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Métodos cirúrgicos para aumentar o pênis

Entre os três métodos existem algumas diferenças e peculiaridades. No entanto, é válido lembrar que qualquer um deles pode não ter o resultado desejado e causar algum tipo de deformidade caso o procedimento não seja bem-sucedido.

Injeção de gordura

É feita lipoaspiração em outra parte do corpo, como os flancos, barriga ou pernas, e depois uma parte dessa gordura é injetada no pênis para preencher e dar mais volume ao membro. Esse procedimento geralmente é feito com anestesia local, e dura em média de 40 minutos. Além disso, não requer internação e tem recuperação rápida.

Injeção de ácido hialurônico polimetilmetacrilato (PMMA)

O procedimento é conhecido como bioplastia peniana e consiste na aplicação do PMMA no pênis ereto para aumentar o diâmetro, no entanto não é recomendado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica devido aos riscos associados.

Esse procedimento consiste na aplicação de biomateriais (substâncias biocompatíveis com o organismo humano), ao longo do corpo peniano, proporcionando o aumento da circunferência.

> Sexo no sofá: 4 posições sexuais para você experimentar

Colocação de rede

É colocada um rede artificial e biodegradável, com células, debaixo da pele e em volta do corpo do pênis para dar mais volume.

> 5 curiosidades masculinas sobre o sexo que as mulheres não sabiam

Como funciona a cirurgia para aumentar o comprimento do pênis

Entre os três métodos citados acima, alguns são recomendados para cada tipo de objetivo que o homem tenha, seja ele de aumentar o comprimento do pênis ou o tamanho.

Cada caso terá um procedimento específico indicado pelo médico urologista
Cada caso terá um procedimento específico indicado pelo médico urologista
(Foto: )

> Fetiche e fantasia sexual é a mesma coisa? Entenda a diferença

No caso de aumentar o comprimento, geralmente é recomendada pelo médico urologista uma cirurgia que irá contar o ligamento que liga o pênis ao osso púbico, permitindo que o órgão caia mais e consequentemente pareça maior.

A cirurgia é realizada com anestesia local e dura média de uma hora. Após o procedimento, o paciente deve utilizar um aparelho extensor peniano conforme recomendação médica.

Entretanto, ainda que esse procedimento até possa aumentar em cerca de 2 centímetros o membro, é comum não notar diferença alguma quando o mesmo está ereto. Além disso, esse corte pode ter consequência durante a ereção, fazendo com que a elevação do membro diminua, dificultando o contato íntimo.

> Orgasmo feminino: veja cinco fatos que você ainda não sabe

Como é a recuperação da cirurgia de aumento peniano

A recuperação da cirurgia de aumento peniano é consideravelmente rápida, sendo que o homem pode voltar ao trabalho uma semana depois do procedimento. Na maioria dos casos, é possível receber alta do hospital no dia seguinte à cirurgia.

O recomendado durante a recuperação é manter repouso, mesmo que em casa, até a remoção dos pontos e seguir todas as orientações médicas que incluem a ingestão de analgésicos, anti-inflamatórios e a troca frequente de curativos.

> Por que vacinas da Covid-19 são jogadas no lixo?

Qual é o tempo recomendado para voltar a ter relações sexuais?

Ainda que a recuperação da cirurgia de aumento de pênis seja relativamente rápida, para que o homem possa voltar a ter relações sexuais pode demorar um pouco mais do que o esperado.

Leia também

Recorde de frio em SC: confira as menores temperaturas registradas na história

Como manter relações após a retirada do útero

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Quando acaba o inverno de SC em 2021​

O que significa LGBTQIA+?

O que são as variantes do coronavírus e como elas impactam Santa Catarina

Colunistas