nsc
dc

Pandemia

Por que vacinas da Covid-19 são jogadas no lixo?

Diversas denúncias de descarte do imunizante têm ocorrido no mundo todo

25/06/2021 - 04h00 - Atualizada em: 25/06/2021 - 07h30

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
Manuseio, temperatura e transporte podem ser causas para invalidar a eficácia de uma vacina contra a Covid-19
Manuseio, temperatura e transporte podem ser causas para invalidar a eficácia de uma vacina contra a Covid-19
(Foto: )

A vacinação contra a Covid-19 segue em todo o Brasil. Cerca de 41,8% da população brasileira recebeu pelo menos a primeira dose até o dia 24 de junho. Em Santa Catarina, pouco mais de 33% recebeu o imunizante pelo menos uma vez. No entanto, diversas denúncias de descarte têm ocorrido no mundo todo, mas você sabe por que as vacinas da Covid-19 são jogadas no lixo?

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

No dia 12 de junho, milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 foram descartadas no Estados Unidos. Entre elas, as vacinas da Janssen. A produção precisou ser interrompida, segundo a agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos (FDA).

No laboratório que fica na cidade de Baltimore, além das vacinas da Janssen, também eram produzidas vacinas da AstraZeneca. Em um descuido, os componentes dos dois imunizantes foram misturados e deixaram toda a produção inválida e sem eficácia, tendo que jogar todas no lixo.

Por quais motivos vacinas são jogadas fora

Existem pelo menos três motivos que fazem uma vacina perder a eficácia. No entanto, o rigoroso sistema das campanhas nacionais de vacinação, fazem com que os erros sejam cada vez menores, logo, a quantidade de descarte também.

De acordo com a professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Mestre em Saúde Pública e Doutora em Enfermagem, Felipa Amadigi, os motivos para descartar uma dose de vacina variam entre validade e forma de armazenamento.

> Veja mapas e dados da vacinação por cidade

As vacinas da Covid-19 têm componentes específicos e formas de armazenamento que são diferentes de outros imunizantes. Para que uma vacina contra o coronavírus seja descartada ela precisa ter:

Passado da validade (que varia entre 6h e 8h depois de o frasco ser aberto);

Armazenar de forma inadequada (Sem cumprir as especificações de temperatura da bula);

Mistura de fragmentos de um frasco para o outro.

> O que são as variantes do coronavírus e como elas impactam Santa Catarina

A vacina pode perder a eficácia?

Sim, de acordo com Amandigi, uma vacina que passou do prazo de validade ou teve o armazenamento feito de forma incorreta pode ter a eficácia anulada, já que os cuidados precisam ser tomados para que a composição da dose seja protegida e mantenha o imunizante apto a ter o resultado que é esperado.

> Por dentro de um laboratório de produção de vacina

Contaminação de doses da Covid-19

A contaminação entre componentes de duas vacinas diferentes que ocorreu nos Estados Unidos também é um ponto de atenção e pode ocorrer até mesmo quando é a mesma vacina, só que em frascos diferentes.

Por exemplo, caso o vacinador manuseie dois frascos de forma errada, um deles pode acabar sendo contaminado pelo outro, e com isso, invalidar toda a eficácia do imunizante que se encontra alí.

> Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Manuseio incorreto de doses pode causar contraminação dos frascos
Manuseio incorreto de doses pode causar contraminação dos frascos
(Foto: )

> Em site especial, saiba mais informações sobre a pandemia do coronavírus

Mas a dose é jogada no lixo comum?

Não, a Mestre em Saúde Pública explica que os resíduos de todas as campanhas de vacinação têm um descarte específico. Eles não devem ser jogados em lixeiras comuns já que oferecem risco à saúde pública.

Entre os materiais descartados nas campanhas de vacinação estão as luvas, seringas e agulhas utilizadas pelos profissionais responsáveis pela aplicação das doses, bem como máscaras, toucas e outros equipamentos de proteção.

Todos estes itens devem ser descartados como informa o Ministério da Saúde e a Anvisa, utilizando normas de segurança como o que acontece nos hospitais.

> Bebê nasce com anticorpos contra a Covid em Santa Catarina

Recomendações nas campanhas de vacinação

Para que nenhuma dose seja jogada no lixo, existem algumas recomendações feitas às equipes de vacinadores. Entre elas estão:

A identificação do horário em que o frasco foi aberto

A conferência da temperatura em que a vacina está

Todas as normativas e guias que existem em relação às salas de vacina e de toda a cadeia de imunobiológicos devem ser seguidas estritamente à risca, para que o desperdício seja mínimo e a eficácia dos imunizantes seja mantida.

> Sputnik V: a eficácia da vacina que chegará no Brasil

E se eu receber uma vacina contra a Covid-19 vencida?

Os efeitos colaterais das vacinas contra a Covid-19 têm sido um dos assuntos mais comentados desde que as doses começaram a ser aplicadas. Cada vacina tem um sintoma diferente e cada pessoa vai senti-lo também de forma diferente.

Mas e se uma vacina “vencida” for aplicada na pessoa, podem existir efeitos colaterais? Ela pode morrer? Segundo a Doutora em Enfermagem, Felipa Amadigi, nada vai acontecer, nem mesmo o esperado, de imunizar a pessoa que recebeu a dose.

Vacinação contra a Covid-19 é a única forma de prevenir o vírus
Vacinação contra a Covid-19 é a única forma de prevenir o vírus
(Foto: )

> Butanvac: tudo sobre a vacina brasileira contra a Covid-19

Isso acontece porque caso ela tenha passado do prazo para ser aplicada, o imunizante irá perder a eficácia, porque os componentes que fazem parte da vacina não terão mais a capacidade de transformar os organismos em anticorpos contra o vírus.

Assim, o principal problema se torna a aplicação de uma dose que deveria imunizar que não irá fazer efeito algum, pois perdeu a eficácia e não terá a “resposta” esperada.

A diferença entre as vacinas

Leia também

Autorização da Anvisa para importar Sputnik V reativa negociações de consórcio

Recorde de frio em SC: confira as menores temperaturas registradas na história

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Caso Evandro: o que aconteceu e as teorias do crime da série na Globoplay

O que são as variantes do coronavírus e como elas impactam Santa Catarina

Neve em Santa Catarina: saiba em quais cidades é possível ver o fenômeno

Colunistas