nsc
dc

Tratamento

Oeste de SC já teve 77 pacientes de Covid-19 transferidos a outras regiões em fevereiro

Colapso da saúde com 100% de lotação em UTIs na região exigiu os deslocamentos de pacientes; Estado promete novos leitos para próximos dias

19/02/2021 - 13h00

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Pacientes do Oeste começaram a ser transferidos para outras regiões de SC no início de fevereiro
Pacientes do Oeste começaram a ser transferidos para outras regiões de SC no início de fevereiro
(Foto: )

A lotação de UTIs no Oeste de SC já exigiu a transferência de 77 pacientes para hospitais de outras regiões do Estado somente no mês de fevereiro. O deslocamento de pessoas em tratamento contra Covid-19 para unidades hospitalares de outras áreas já havia sido feita em janeiro, quando houve 30 pacientes levados a outras regiões, mas ganhou força desde o início de fevereiro, quando Chapecó e região começaram a registrar um colapso na saúde devido à alta de casos e à falta de vagas.

> Colapso em Chapecó poderia ser contido com restrições, apontam especialistas

Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde de SC. A prefeitura de Chapecó informou ainda que houve transferência também de 107 pacientes de Covid-19 que estavam em leitos de enfermaria. Os deslocamentos de pacientes contam com a ajuda de aeronaves do Corpo de Bombeiros Militar de SC.

A falta de vagas no Oeste de SC levou o Estado a montar um gabinete de crise na região e anunciar a abertura de mais 27 vagas de terapia intensiva até o fim da semana. O município espera que eles possam estar disponíveis até o fim de semana.

A prefeitura de Chapecó também anunciou medidas de restrição, como a suspensão de eventos sociais, e admitiu o estágio de colapso. O prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), chegou a afirmar que “se você tiver um milhão de reais no bolso agora e precisar internar a sua esposa numa UTI em Chapecó, não vai ter lugar”.

> Receba notícias do NSC Total pelo Whatsapp

Nesta quinta-feira, o prefeito fez uma nova entrevista coletiva para anunciar medidas de restrição e afirmou que pediu ao Ministério da Saúde o envio de 100 mil doses de vacina contra a Covid-19. Ainda não há informações de quantos imunizantes possam ser enviados ao município em um novo lote.

No boletim do governo do Estado desta quinta-feira (18), o Oeste de SC aparece com 98,3% de lotação nas UTIs adulto, com 113 dos 115 leitos ocupados. Até a quarta-feira, não havia leitos de terapia intensivo disponíveis. A cidade também tem 1.963 casos ativos de Covid-19, atrás apenas de Joinville (1.968) e Florianópolis (2.056).

Leia também

> Ocupação de UTIs em SC é a maior desde 22 de dezembro

> SC pede carga extra de vacinas contra Covid-19 ao Ministério da Saúde para Oeste

> Chapecó anuncia suspensão de eventos sociais contra colapso por Covid-19

Colunistas