nsc
dc

Religião

Padre deseja morte de fiéis que não vão às missas por medo do coronavírus; veja vídeo

Após a repercussão do vídeo, pároco se retratou e disse que fez um "comentário infeliz"

25/08/2020 - 15h26 - Atualizada em: 26/08/2020 - 12h01

Compartilhe

Luiza
Por Luiza Morfim

Um padre da igreja de Visconde do Rio Banco, em Minas Gerais, desejou a morte de católicos que não estão indo à missa por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus. Em vídeo da celebração publicado nas redes sociais, o pároco parece indignado com as pessoas que estão deixando de ir às missas mesmo sem fazer parte do grupo de risco da Covid-19.

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

> Freiras vão sortear "fusquinha abençoado" para arrecadar fundos em SC; veja vídeo

"Porque tem alguns católicos, engraçado, que têm saúde, têm tudo e dizem: 'Eu só vou na igreja quando tiver a vacina'. Tomara que não apareça vacina para essas pessoas. Que morram antes da vacina chegar. Porque existem pessoas que não têm problema nenhum, que não estão no grupo de risco. Mas isso significa que a pessoa não tem fé nenhuma", disse o padre.

> Padre chama Bolsonaro de “bandido” e diz que eleitor dele tem que se confessar

Ainda durante a fala o padre destacou que a igreja faz a sua parte mantendo todos os ambientes higienizados entre uma missa e outra e que assim "a gente vai vendo quem realmente ama a eucaristia", disse ele.

Assista:

> Durante a pandemia, padre faz confissão de fiéis em "drive thru" em SC

Após a repercussão negativa do caso, o padre Antônio Firmino Lopes Lana pediu desculpas e disse que fez um "comentário infeliz". Confira:

Leia também:

"O problema das fake news é que uma meia-verdade é pior do que mentira", diz o arcebispo Dom Murilo Krieger

O vírus está nas roupas, nos sapatos, no cabelo ou no jornal?

Catedral de Tubarão celebra missa com mais de duas mil fotografias de fiéis

Colunistas