nsc
hora_de_sc

Problema recorrente

Roubo de fios e placas de trânsito em Florianópolis é alvo de operação policial

Ação dos órgãos públicos da Capital prendeu quatro pessoas e apreendeu mais de 200 kg de fio de cobre

12/05/2021 - 10h28 - Atualizada em: 12/05/2021 - 11h31

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Diferentes pontos entre Ilha e Continente foram fiscalizados pelos agentes públicos
Diferentes pontos entre Ilha e Continente foram fiscalizados pelos agentes públicos
(Foto: )

Uma operação conjunta de órgãos públicos de Florianópolis fiscalizou na manhã desta quarta-feira (12) sete estabelecimentos comerciais para combater o furto e a receptação de fios, placas de trânsito e relógios de hidrantes públicos. A ação apreendeu mais de 200 kg de fio de cobre e prendeu quatro pessoas.

> Criança oferece pipoca para guardas em Florianópolis e brinca em viatura; veja vídeo

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A Operação Fio Desencapado envolveu os órgãos Guarda Municipal de Florianópolis (GMF), Superintendência de Serviços Públicos (Susp), Vigilância Sanitária do município (Visa), Floram, Secretaria do Meio Ambiente, e do Continente, Polícias Militar e Ambiental, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Celesc, que fizeram vistorias em sete pontos da Capital, entre Ilha e Continente.

O primeiro estabelecimento visitado foi um ferro-velho no Monte Cristo. Outros comércios no Mocotó, Morro da Caixa e Chico Mendes também foram averiguados. Em uma lavação, que funcionava também como ferro-velho, mais de 50 kg de fio de cobre foram apreendidos. Objetos como botijões de gás, fios elétricos, fios telefônicos, cabos de telefonia, hidrômetro e fios elétricos diversos foram encontrados nos estabelecimentos. 

O objetivo da ação é identificar e prender os receptadores de fiação, placas de trânsito e relógios de hidrantes. A maioria dos estabelecimentos vistoriados foram ferros-velhos, comércios que normalmente fazem a receptação desses materiais.

Histórico de furtos e receptação

Dois furtos de fios do semáforo da Avenida Gustavo Richard, em Florianópolis, aconteceram em menos de 24 horas no mês de abril. Em 2020, ao menos 550 metros de fios de cobre foram furtados de semáforos, de acordo com a Diretoria de Operações de Trânsito (Diope). 

> Ladrão invade loja e samba em frente às câmeras; veja vídeo

O deputado federal Hélio Costa (Republicanos) protocolou um projeto de lei que prevê o aumento das penas para crimes de furto, de roubo e de receptação de bens públicos destinados ou provenientes da rede de fornecimento de iluminação pública. O PL 5335/2020 altera o Decreto-Lei número 2.848, de 7 de dezembro de 1940, do Código Penal. O parlamentar acredita que tornar a lei mais rígida irá inibir a prática de furtos de fiação pública no país. 

*Sob supervisão de Raquel Vieira e com informações de Ana Vaz, da NSC TV

Leia também

SC aposta em fiscalização para evitar nova onda de Covid-19

Sumiço de vacinas da Covid-19 surpreende a polícia em SC

Esquema de furtos em Blumenau tinha até carros de luxo; entenda

Colunistas