nsc
dc

Coronavírus

SC define regras para dose de reforço da Janssen contra Covid; veja

Lote com 65.280 vacinas deve chegar ao Estado nesta quarta-feira (8)

08/12/2021 - 10h42 - Atualizada em: 10/12/2021 - 07h35

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Vacinação de reforço com Janssen deve começar nos próximos dias em SC
Vacinação de reforço com Janssen deve começar nos próximos dias em SC
(Foto: )

Com previsão de chegada de doses da Janssen nesta quarta-feira (8), Santa Catarina já definiu as regras para a distribuição da dose de reforço do imunizante. Contudo, alguns municípios, que devem receber as vacinas na quinta-feira (9), já definiram como serão os próximos passos da vacinação. Outro aspecto é que boa parte dos vacinados com esse imunizante, recebeu a dose única há seis meses, prazo maior do que recomendado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive).

> Reações da dose de reforço da Janssen; veja sintomas mais relatados

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Diferente dos demais imunizantes usados contra a Covid-19 no Brasil, a Janssen é aplicada em dose única. O reforço, com mais uma dose, foi autorizado pelo Ministério da Saúde em novembro. A recomendação do órgão federal é que o reforço seja aplicado entre dois e seis meses da vacinação com dose única.

Uma nota técnica da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), publicada na terça-feira (7), estima que serão encaminhadas 65.280 vacinas. Número pequeno diante dos 279.405 vacinados com esse imunizante.

A baixa quantidade é motivo de preocupação para quem se vacinou com a Janssen. Um deles é o advogsdo Thiago Moura, morador do bairro Estreito em Florianópolis. 

— O dado que eu tenho é que são mais de 200 mil pessoas que tomaram a Janssen em dose única. Então fica a dúvida de como é que vai ficar a distribuição de municípios, quantas vão chegar em Florianópolis — comenta.

A quantidade de doses que serão distribuídas aos municípios, segundo a Dive, é de aproximadamente 25% do total de vacinados com a primeira aplicação. Florianópolis, por exemplo, deve receber 4.020 doses. A Capital imunizou 16.763 pessoas com a Janssen.

A primeira remessa de vacinas da Janssen chegou em Santa Catarina em junho deste ano. Assim, o prazo entre a primeira e a dose de reforço para esse público já ultrapassa seis meses. O texto, no entanto, não cita a priorização deles na imunização e define como intervalo o período de dois meses entre as doses.

Confira quantas doses cada município vai receber

Doses Janssen por município de Santa Catarina
Doses Janssen por município de Santa Catarina
(Foto: )

Veja as regras para a imunização

  • Serão vacinados pessoas com mais de 18 anos;
  • O intervalo entre a primeira dose e o reforço é de pelo menos dois meses;
  • As mulheres que tomaram essa vacina e, no momento atual, estão gestantes, puérperas ou lactantes deverão utilizar como reforço o imunizante da Pfizer.
  • No caso das vacinas da Astrazeneca, Pfizer e CoronaVac o intervalo para a dose de reforço é de cinco meses.

O que dizem os municípios

Com a publicação da nota técnica, muitos municípios já decidiram como farão a aplicação das doses de reforço da Janssen. 

Em Joinville, a aplicação das doses começa na sexta-feira (10), no Centreventos Cau Hansen. Durante a semana, o horário de atendimento é das 7h30 às 21h30 e aos finais de semana é das 7h30 às 17h30.

São José, na Grande Florianópolis, serão vacinadas pessoas acima dos 50 anos e imunossuprimidos, independente da idade. A data de início da imunização não foi divulgada. 

Em Lages, na Serra, a prefeitura vai vacinar por ordem de chegada, sem priorizar nenhum público. Já em Chapecó, no Oeste, a Vigilância Epidemiológica vai abrir agendamento na tarde desta quarta para vacinação na quinta-feira à tarde e na sexta-feira (10).

Florianópolis, Blumenau e Criciúma ainda não definiram como será a vacinação.

*Com Juan Todescatt, da NSC TV

Vacina contra a Covid-19: tire as dúvidas com especialistas

Leia também 

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Reações da vacina contra Covid: entenda como acontecem

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid-19?

O que são as variantes do coronavírus e como elas impactam Santa Catarina

Colunistas