nsc
dc

Pandemia

SC vai transferir pacientes com Covid a hospitais do Espírito Santo em dois voos diários a partir desta quarta

Vagas serão destinadas a pacientes de três cidades do Oeste; serão os primeiros deslocamentos de pessoas internadas para outros estados

02/03/2021 - 17h34 - Atualizada em: 02/03/2021 - 17h37

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
SC começa a transferir pacientes com Covid-19 para o Espírito Santo nesta quarta
SC começa a transferir pacientes com Covid-19 para o Espírito Santo nesta quarta
(Foto: )

A transferência de pacientes com Covid-19 de Santa Catarina para hospitais do Espírito Santo vai começar nesta quarta-feira (3). Eles serão transferidos individualmente, em dois voos diários. A logística do deslocamento foi divulgada nesta terça pelo governo do Estado.

As vagas oferecidas aos pacientes catarinenses devem atender prioritariamente pacientes do Oeste, região em situação mais crítica no Estado, no Hospital Regional do Oeste, de Chapecó, Hospital São Paulo, de Xanxerê, e Hospital Terezinha Gaio Basso, de São Miguel do Oeste.

> Hospital de Xanxerê alerta: "Vamos começar a perder vidas"

O superintendente de Urgência e Emergência da Secretaria de Estado da Saúde, Diogo Bahia Losso, informou que os pacientes serão transportados individualmente, em dois voos por dia. Um será com a aeronave Arcanjo-02, do Corpo de Bombeiros de SC, e outro em avião de empresa particular que presta serviços ao Estado. O motivo do transporte em voos individuais é o estado de saúde dos pacientes, que estão intubados em UTI e inspiram cuidados.

A Secretaria de Saúde informou que equipes trabalham na triagem dos pacientes em condições clínicas para enfrentar a viagem, que tem previsão de três horas e meia de duração. O horário de partida e os locais de embarque ainda estão sendo definidos pelo Estado.

Variante do coronavírus pode estar atrás de explosão de internações em SC

Estado pretende aproveitar as 16 vagas oferecidas

O governo do Espírito Santo ofereceu até 16 leitos de UTI Covid-19 na rede hospitalar da Região Metropolitana de Vitória. Em entrevista à CBN Diário na tarde desta terça, o superintendente Diogo Losso afirmou que a intenção do Estado é tentar aproveitar todos esses leitos disponibilizados. Essas serão as primeiras transferências de pacientes com Covid-19 feitas a hospitais de outros Estados. Até então, segundo Losso, houve apenas transferências dentro do Estado – um total de 1.651 deslocamentos feitos pelo Samu, incluindo pacientes com e sem Covid-19 e realização de exames.

– É uma operação extremamente complexa e talvez a gente possa encontrar dificuldade de conseguir encontrar pacientes em condições de serem transferidos. Mas a ideia é que a gente aproveite, sim, todas essas 16 vagas e possa dar um alívio à necessidade do Extremo Oeste. Nos próximos dias está prevista a ativação de novos leitos na região, e, em se confirmando, pode não haver a necessidade de transporte aéreo – frisou, na entrevista à CBN Diário.

Leia também

> Hospital privado de Florianópolis tem dobro de internados com Covid em 12 dias

> Colapso no Oeste: ministro Pazuello confirma visita a Chapecó e Xanxerê na sexta

> Xanxerê registra oitava morte de paciente com Covid-19 à espera de leitos de UTI

Colunistas