nsc
dc

colapso na saúde

Sem vagas na UTI adulto, Chapecó recebe 10 novos respiradores do Estado

Respiradores permitem a criação imediata de novos leitos de terapia intensiva (UTI)

04/02/2021 - 19h12 - Atualizada em: 04/02/2021 - 19h22

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Hospital tem vagas pediátricas e neonatal; UTI adulto está lotado
Hospital tem vagas pediátricas e neonatal; UTI adulto está lotado
(Foto: )

Dez respiradores pulmonares foram enviados com urgência ao Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó, nesta quinta-feira (4), para a abertura imediata de novos leitos de terapia intensiva (UTI). A região vive a situação mais grave já registrada na pandemia do coronavírus e ficou sem uma única vaga de UTI adulta disponível nesta quinta, o que impossibilitaria novas internações graves. 

Chapecó anuncia novas restrições para bares e eventos

Os equipamentos seriam enviados somente na manhã de sexta-feira (5), mas por conta de condições meteorológicas - uma janela de tempo bom -, o deslocamento com a aeronave do Corpo de Bombeiros foi antecipado. 

Desde o início da pandemia, 75 novos leitos de terapia intensiva foram enviados para o Oeste do Estado. Mesmo assim, a região tem lotação geral de 97% dos leitos, segundo boletim divulgado nesta quinta. Significa que, das 136 vagas existentes para atender a população da região, apenas quatro estão disponíveis - 3 delas são pediátrico e uma, neonatal. 

Por conta do aumento de casos de coronavírus e a consequente pressão sob o sistema de saúde, o prefeito João Rodrigues (PSD) voltou atrás em sua decisão de estender o horário de atendimento de bares e restaurantes, segundo ele, como medida de enfrentamento à pendamia, e anunciou novo decreto na maior cidade da região Oeste. 

> Enquanto Oeste de SC vive colapso, números do Estado indicam queda nos índices da Covid-19

Segundo o documento, bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos similares poderão receber clientes até as 23h a partir desta sexta-feira (4). A partir desse horário, os locais ainda poderão funcionar com as pessoas que já tiverem entrado, mas apenas até a meia-noite. Depois, o funcionamento fica proibido. 

Leia também

> Hospital Regional do Oeste tem fila de espera para internação

> Começa pré-cadastro para vacinação de idosos contra o coronavírus em SC

> Anvisa muda regras para aprovar vacinas contra Covid-19; novo critério beneficia Sputnik

Colunistas