nsc
dc

Imunização

Começa pré-cadastro para vacinação de idosos contra o coronavírus em SC

Em Florianópolis, 14 mil pessoas com mais de 75 já estão cadastradas para receber as doses

03/02/2021 - 11h33 - Atualizada em: 05/02/2021 - 11h51

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Estado estima precisar 600 mil doses para pode vacinar idosos com mais de 75 anos
Estado estima precisar 600 mil doses para pode vacinar idosos com mais de 75 anos
(Foto: )

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) solicitou aos municípios a criação de um pré-cadastro para a vacinação contra a covid-19 de idosos com idade entre 85 e 90 anos. O levantamento serve para agilizar o processo de imunização quando mais doses chegarem ao estado. Em Florianópolis, 14 mil pessoas com mais de 75 anos já estão cadastradas. 

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

Em entrevista à NSC TV nesta quarta-feira (3), o superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, disse ser necessário a chegada de 600 mil doses para que a vacinação do grupo fosse iniciada:

— Aqui em Santa Catarina, considerando a população acima dos 75 anos, temos um total de quase 300 mil idosos nessa faixa. Para a gente iniciar uma vacinação nessa faixa deveríamos ter umas 600 mil doses. Se nós recebermos um número maior do que essa quantidade, nós começamos, assim como outros estados, a fazer a vacinação dos mais idosos e ir descendo nas idades na medida em que as doses chegam — afirmou.

> SC soma 70,5 mil pessoas vacinadas contra a Covid até o momento, aponta governo

Até terça-feira (2), Santa Catarina vacinou 70.558 mil pessoas. Neste primeiro momento foram imunizados profissionais da saúde (61.114), idosos institucionalizados (6.310), pessoas com deficiência na mesma condição (260) e a população indígena (2.874).

O total ainda está abaixo da meta estabelecida pelo Plano Estadual de Imunização, com apenas 16% do grupo estimado recebendo as doses. Além disso, foram excluídos da primeira etapa os idosos com mais de 75 anos que não vivem em asilos. O grupo é considerado de risco para desenvolver formas mais graves da covid-19.

> Mais de 2,4 milhões já receberam uma dose da vacina contra a Covid no Brasil

Segundo o superintendente, o Estado recebeu até o momento 214 mil doses de vacinas. Desse total, 160 mil eram da CoronaVac. O imunizante, que é aplicado em duas doses, começou a ser enviado às regionais de saúde na terça-feira. O quantitativo recebido, contudo, não é considerado suficiente para vacinar um maior contingente.

— O volume de vacinação poderia ser maior, no entanto, a quantidade de vacinas disponíveis ainda está bem abaixo do esperado e principalmente para que a gente possa avançar com os demais grupos — declarou Macário.

> Tire as dúvidas que ainda restam sobre a vacina da Covid-19

A expectativa é que mais doses sejam enviadas pelo Ministério da Saúde até o início da próxima semana. A partir da quantidade recebida, explicou o superintendente, será possível definir novos grupos da vacinação, além de completar a imunização para a população que já integra a faixa prioritária.

Municípios já iniciaram pré-cadastro 

Os dois maiores municípios de Santa Catarina, Florianópolis e Joinville já coletam dados dos idosos. Na Capital, os dados são colhidos do sistema do SUS. Para saber se as informações estão atualizadas e tirar dúvidas sobre o credenciamento a população pode ligar para o Alô Saúde Floripa pelo número 0800-333-3233. 

> Vacina da Covid em Florianópolis: locais, seringas, freezers e o que se sabe até agora

Por meio do atendimento, os atendentes vão informar sobre a situação do cadastro junto ao SUS. A vacinação de idosos com mais de 75 anos será agendada para evitar filas e aglomerações. O contato das equipes de saúde será feito por meio do Whatsapp. Já para os acamados, a aplicação acontecerá em casa. Contudo, a imunização ainda depende da chegada de mais doses. 

Segundo a prefeitura, 14.590 pessoas com mais de 75 anos já estão cadastradas em Florianópolis com base nos dados do SUS. Esse número representa 70% da população do município nessa faixa etária.

Já em Joinville, idosos a partir dos 60 anos já podem realizar o pré-cadastro por meio do site da prefeitura. A administração começou na segunda-feira (1º) a receber as informações da população. Para se registrar é necessário fornecer informações pessoais como o CPF. Além do grupo, profissionais da saúde também podem se cadastrar. A prefeitura não divulgou o número de pessoas cadastradas.

> Idosos e profissionais da saúde de Joinville podem realizar pré-cadastro para receber vacina da Covid-19

Em Blumenau, a prefeitura começou o agendamento da vacinação em idosos com mais de 60 anos trabalhadores da saúde. Serão vacinados profissionais que atuam nas redes pública e privada. 

Leia mais:

Ministério da Saúde recomenda evitar viagens a locais com maior incidência de nova variante da Covid

Pacientes de Manaus que vieram a SC tratar Covid-19 começam a receber alta

Eficácia da vacina Sputnik contra Covid-19 é "boa notícia", diz Anvisa

Colunistas