nsc
hora_de_sc

Frio!

Vai nevar no Cambirela? Entenda a previsão de frio para a Grande Florianópolis

Com uma massa de ar frio intenso em SC, a neve deve aparecer em algumas regiões e as temperaturas podem chegar a -12°C na Serra

27/07/2021 - 19h10 - Atualizada em: 28/07/2021 - 19h42

Compartilhe

Diane
Por Diane Bikel
A neve no Cambirela aconteceu em julho de 2013
A neve no Cambirela aconteceu em julho de 2013
(Foto: )

Desde que o Morro do Cambirela, em Palhoça, registrou neve em 2013, a previsão de um frio mais intenso na Grande Florianópolis aumenta a expectativa para saber se o fenômeno pode voltar a aparecer. E essa curiosidade se reacende com a chegada de uma onda de frio extremo, que traz chances de neve em Santa Catarina nos próximos dias.

> Saiba como receber notícias de Santa Catarina no WhatsApp

> Neve em SC: flocos começam a cair na Serra; veja vídeo

A neve está prevista apenas em algumas regiões do Estado nesta semana. É o caso do Meio-Oeste e da Serra Catarinense, que podem presenciar o fenômeno mais uma vez. Porém, a possibilidade de neve no Morro do Cambirela é descartada por meteorologistas.

De acordo com Leandro Puchalski, meteorologista do NSC Total, a neve pode aparecer apenas nessas duas regiões entre tarde e noite de quarta-feira (28) e ao amanhecer de quinta-feira (29). Na sexta-feira (30), já não há previsão de neve em Santa Catarina.

> Forte ar polar pode trazer neve e marcas históricas de frio em SC

Há oito anos, quando nevou em Palhoça, a Grande Florianópolis registrava temperaturas abaixo de 10°C. De acordo com o meteorologista da Epagri/Ciram, Marcelo Martins, as baixas temperaturas e a umidade do ar no Estado, naquele ano, formaram a combinação responsável pela neve histórica:

- Pra ter neve, a gente precisa de frio próximo a 0°C e umidade. Nós temos umidade, mas não o frio suficiente. A temperatura está acima de 10°C e para nevar tem que estar próximo de 0°C. Quando isso acontecer, de esfriar bastante, não teremos mais umidade, então o que acontece é a geada.

> Neve chega ao RS e moradora brinca: "Olha o chão branquinho"

O meteorologista explica que, em 2013, as máximas não passaram de 10°C por cerca de três dias e, por isso, a cidade presenciou neve no Cambirela. Agora o que acontece é uma frente fria, que deve passar mais rapidamente.

Durante esta semana, Santa Catarina pode ter um novo recorde histórico de frio e as temperaturas mínimas na Serra podem ficar entre -10°C e -12°C. A menor temperatura já registrada no Estado foi em Caçador, em 1952, que registrou -14ºC.

> Neve em SC: confira fotos do primeiro registro do fenômeno em 2021

A Defesa Civil do Estado chegou a emitir um alerta de risco de congelamento de pista, além de indicação da neve. Por esse motivo, as cidades que devem ser atingidas pelo frio intenso reforçaram as estruturas de atendimento a pessoas em situação vulnerabilidade para os proteger do frio.

*Sob supervisão de Vinícius Dias.

Leia também

Recorde de frio em SC: confira as menores temperaturas registradas na história

Relembre outros momentos de neve em Santa Catarina com fotos

Neve em Santa Catarina: saiba em quais cidades é possível ver o fenômeno

Colunistas